Esporte

Espanha atropela Albânia, vê Itália tropeçar e se garante na Copa do Mundo

06/10/2017 17h37

Redação Central, 6 out (EFE).- A Espanha resolveu partida disputada nesta sexta-feira no primeiro tempo, batendo a Albânia por 3 a 0, em casa, e garantiu a vaga direta no grupo G das Eliminatórias europeias para a Copa do Mundo de 2018, já que a Itália empatou com a Macedônia em 1 a 1, e com isso vai à repescagem.

Pela penúltima rodada, os campeões mundiais de 2010 saíram na frente aos 16 minutos do primeiro tempo, com gol de Rodrigo Moreno, filho do ex-lateral-esquerdo do Flamengo Adalberto. Aos 24, o meia Isco ampliou. Já aos 27, foi a vez de Thiago Alcântara, filho do tetracampeão mundial Mazinho, fazer o terceiro.

Com o resultado, a seleção espanhola chegou aos 25 pontos, abrindo cinco de frente para os italianos. Mesmo se a diferença seguisse em três pontos, a vaga estaria nas mãos dos comandados por Julen Lopetegui, que entraram no jogo com 17 gols de vantagem no saldo, primeiro critério de desempate.

Além da chance de classificação para a Copa, outro ponto que tornava o jogo interessante era a reação da torcida presente no estádio José Rico Pérez, em Alicante, cidade localizada na comunidade Valenciana, em relação ao zagueiro Gerard Piqué, que declarou ser a favor do referendo pela independência da Catalunha.

A cada vez que o jogador do Barcelona tocava na bola, um misto de vaias e aplausos era notado vindo das arquibancadas. As manifestações contrárias, no entanto, foram maiores e mais constantes, até os 15 minutos do segundo tempo, quando o defensor foi substituído por Nacho.

Pouco antes disso, Piqué recebeu cartão amarelo, ao fazer falta no atacante Armando Sadiku. A advertência foi a terceira do zagueiro que, com isso, não atuará na última rodada das Eliminatórias, em que a Espanha duelará com Israel, fora de casa. Outro suspenso é o meia David Silva.

A Itália, que precisava, desesperadamente, de um tropeço dos espanhóis, já que, se ambos vencessem, ficaria três pontos atrás e com enorme diferença no saldo de gols, acabou ficando no empate com a Macedônia no Estádio Olímpico de Turim em 1 a 1.

O experiente zagueiro Giorgio Chiellini foi responsável por abrir o placar para os anfitriões, aos 40 minutos do primeiro tempo.

Os visitantes buscaram a igualdade aos 32, com gol do meia Aleksandar Trajkovski, em lance com assistência do atacante Goran Pandev, do Genoa, atua no futebol italiano desde 2001, apenas com saída para o Galatasaray, na temporada 2014/2015.

Em jogo envolvendo duas seleções eliminadas, Israel derrotou Liechtenstein por 1 a 0, fora de casa. O placar da partida foi definido pelo zagueiro Eitan Tibi, que balançou as redes aos 21 minutos do primeiro tempo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo