Esporte

Islândia vence Turquia fora de casa e fica perto de ir à Copa do Mundo

06/10/2017 17h59

Redação Central, 6 out (EFE).- A seleção islandesa, sensação da última Eurocopa, em que chegou às quartas de final, venceu nesta sexta-feira Turquia por 3 a 0, fora de casa, se aproveitou de tropeço da Croácia e está muito perto de garantir inédita classificação para a Copa do Mundo.

Em partida válida pela penúltima rodada do grupo I das Eliminatórias europeias, no estádio New Eskisehir, os visitantes abriram o placar aos 32 minutos do primeiro tempo, com gol do meia-atacante Johann Berg Gudmundsson.

Pouco depois, aos 39, foi a vez do meia Birkir Bjarnason balançar as redes. Os islandeses fecharam a conta aos 5 da etapa complementar, quando o zagueiro Kari Arnason marcou.

Com a vitória, a seleção nórdica chegou aos 19 pontos, assumindo a liderança isolada do grupo I. Agora, para ir à Copa, bastará uma vitória sobre Kosovo, na rodada final, no estádio Laugardalsvöllur, em Reykjavik.

A seleção da Croácia, por sua vez, alcançou a marca de 17 pontos na chave, ao ceder empate nos minutos finais para a Finlândia. O jogo, disputado no estádio Rujevica, em Rijeka, terminou empatado em 1 a 1.

Depois de bombardeio no primeiro tempo, os donos da casa conseguiram sair na frente aos 12 da etapa final, com gol do atacante Mario Mandzukic. O meia Pyry Soiri conseguiu deixar o placar igual aos 45, frustrando a torcida anfitriã.

A Ucrânia, por sua vez, também chegou a marca de 17 pontos, ao bater Kosovo, atuando como visitante, por 2 a 0, na partida que marcou a estreia do meia-atacante Marlos, ex-Coritiba e São Paulo e atualmente no Shakhtar Donetsk.

O placar da partida foi aberto por gol contra do lateral-esquerdo Leart Paqarada, aos 15 minutos do segundo tempo. Mais tarde, aos 42, foi a vez do atacante Andriy Yarmolenko marcar e dar números finais ao duelo.

Marlos entrou em campo no intervalo, substituindo o atacante Artem Kravets, que atua no Dínamo de Kiev.

Na última rodada, Ucrânia e Croácia se enfrentarão no Estádio Olímpico, em Kiev, em que os visitantes precisarão vencer para, pelo menos, ir à repescagem. O vencedor, por sua vez, torcerá por tropeço da Islândia.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo