Esporte

Vai ter Copa? Argentina define vaga contra eliminado Equador na altitude

09/10/2017 13h54

Guayaquil (Equador), 9 out (EFE).- A 2.850 de altitude e diante de um adversário já eliminado, a Argentina, que não fica fora da Copa desde 1970, definirá se disputará Mundial do ano que vem ou não nesta terça-feira enfrentando o Equador nesta terça-feira no estádio Olímpico Atahualpa, em Quito.

Dona de dois títulos, a 'Albiceleste' só ficou fora da principal competição do futebol quatro vezes, a última delas há 47 anos. O risco desta vez, mesmo contando com um dos melhores jogadores da história, é real.

Antes da realização da última rodada das Eliminatórias, Lionel Messi e companhia ocupam a sexta colocação, fora da zona de classificação, com 25 pontos. Entretanto, a 'Albiceleste' depende das próprias forças para ir à repescagem contra a Nova Zelândia, representante da Oceania.

Ainda há uma chance de ir para a Copa diretamente. Para isso, será necessário bater o Equador, oitavo colocado, com 20 pontos, por uma diferença de gols maior que uma vitória do Peru sobre a Colômbia em Lima ou que essas duas seleções empatem.

O técnico da Argentina, Jorge Sampaoli, sabe o que é jogar como visitante na altitude de Quito. Em 2010, dirigiu o Emelec e venceu a primeira etapa do Campeonato Equatoriano, embora tenha perdido o título na final diante da LDU.

Entretanto, a seleção visitante não leva a melhor na capital do Equador desde as Eliminatórias para a Copa de 2002, em que fez 2 a 0. Desde então, foram duas derrotas e um empate.

Sampaoli não poderá contar com o volante Gago, que sofreu mais uma grande lesão no joelho. Provavelmente serão feitas duas trocas na formação inicial em relação ao 0x0 com o Peru na última quinta, na Bombonera, ambas no meio de campo: saem Banega e Papu Gómez, entram Pérez e Salvio.

No ataque, embora tenha ido mal na semana passada, Benedetto deverá ser o centroavante, com Icardi no banco. Higuaín, centroavante mais caro da história, sequer foi convocado.

O Equador viu as chances de estar na Copa irem embora com a derrota para o Chile por 2 a 1 em Santiago, na semana passada. Dessa forma, apenas cumprirá tabela. Para piorar, o técnico argentino Jorge Célico não terá à disposição os meias Antonio Valencia, que vem atuando como lateral-direito, e Michael Arroyo, do Grêmio, ambos suspensos.

Entre os titulares, haverá dois jogadores que atuam no Brasil, o zagueiro Arboleda, do São Paulo, e o volante Orejuela, do Fluminense.



Prováveis escalações:.

Equador: Banguera; López, Aimar, Arboleda e Ramírez; Intriago, Orejuela, Renato Ibarra e Romário Ibarra; Enner Valencia e Ordóñez. Técnico: Jorge Célico.

Argentina: Romero; Mercado, Mascherano, Otamendi e Acuña; Biglia, Pérez e Salvio; Messi, Di María e Benedetto. Técnico: Jorge Luis Sampaoli.

Árbitro: Anderson Daronco, auxiliado pelos compatriotas Alessandro Rocha e Fabricio Vilarinho.

Estádio Olímpico Atahualpa, em Quito.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo