Esporte

Após gol do Panamá, Infantino decreta que chegou a hora do árbitro de vídeo

Reprodução
gol fantasma Panamá x Costa Rica Imagem: Reprodução

12/10/2017 12h43

O suíço Gianni Infantino, presidente da Fifa, disse nesta quinta-feira que o sistema de auxílio por vídeo aos árbitros (VAR), deveria impedir que gols irregulares como o do Panamá na vitória sobre Costa Rica, na última rodada das Eliminatórias para a Copa o Mundo de 2018.

"Quando você disputa uma vaga no Mundial e o jogo de decide com um erro importante de avaliação do árbitro, o que pode acontecer, porque os juízes são essencialmente humanos e cometem erros, acho que chegou o momento de poder corrigir isso", disse o dirigente, em entrevista coletiva concedida na apresentação do Campeonato Mundial feminino, que acontecerá no ano que vem, na França.

Terça-feira, no duelo entre Panamá e Costa Rica, no estádio Rommel Fernández, os visitantes saíram na frente aos 36 minutos do primeiro tempo, com um gol do atacante Johan Venegas.

Na etapa complementar, aos 7, o aconteceu o lance polêmico.. Após um escanteio a favor do Panamá, a bola atravessou a pequena área sem que a zaga conseguisse cortar, vários jogadores trombaram, e o atacante Gabriel Torres mergulhou para tentar marcar de cabeça. A bola não atravessou a linha, mas o árbitro validou o gol anfitrião.

Os panamenhos conseguiram arrancar a virada com gol do zagueiro e capitão Román Torres, aos 42 do segundo tempo. O resultado positivo valeu classificação para a Copa do Mundo, devido a derrota dos Estados Unidos para Trinidad e Tobago por 2 a 0.

"Quando o mundo inteiro vê o lance em segundos, e o único que não enxerga é o árbitro, mas não porque não quer ver, mas porque ficou impedido, se poderia fazer uma correção. Acho que deveríamos viver os tempos atuais e dar esse passo a frente", completou o presidente da Fifa.

Infantino quer colocar o VAR em competições internacionais o mais rápido possível, embora admita que que haja forte oposição ao sistema, em que árbitros avaliam os lances e alertam em caso de algum erro, ou podem ser consultados em caso de dúvida.

"Estamos preparados para colocá-lo em prática. Agora, a decisão precisa ser tomada. Não houve nada negativo nos testes que fizemos. A cada vez que o árbitro de vídeo foi utilizado, confirmou uma decisão correta ou corrigiu uma errada", afirmou.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo