Esporte

Após fracasso nas Eliminatórias, técnico dos EUA pede demissão

13/10/2017 14h36

Nova York, 13 out (EFE).- O técnico Bruce Arena anunciou nesta sexta-feira que pediu demissão da seleção dos Estados Unidos, que fracassou no hexagonal final das Eliminatórias da Concacaf e está fora da Copa do Mundo pela primeira vez desde 1986.

"O maior privilégio para qualquer treinador é dirigir a seleção nacional do seu país, e agora que deixo hoje esse cargo me sinto honrado e agradecido por ter tido essa oportunidade duas vezes na minha carreira", disse Arena em um comunicado.

A saída do treinador acontece três dias depois da derrota para Trinidad e Tobago por 2 a 1, pela última rodada do hexagonal. Uma vitória diante de um adversário que já estava eliminado teria garantido os EUA no Mundial, e um empate levaria à repescagem contra a Austrália.

"Trata-se de um grande golpe. Obviamente, a grande decepção é para os nossos torcedores", admitiu Arena, que assumiu o cargo em novembro passado, substituindo o alemão Jürgen Klinsmann.

O técnico já tinha passado pela seleção americana de 1998 a 2006. Em 2002, levou a equipe às quartas de final do Mundial da Coreia do Sul e do Japão.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo