Topo

Esporte

Após vencer disputa judicial, Messi doa R$ 273 mil à Médicos sem Fronteiras

Alvaro Barrientos/ AP
Messi abre o placar para o Barcelona contra o Bilbao Imagem: Alvaro Barrientos/ AP

02/11/2017 10h30

O atacante Lionel Messi doou à ONG Médicos sem Fronteiras os 72.783 euros que recebeu de um jornalista espanhol por decisão judicial em um processo que movia contra ele por injúria, informou nesta quinta-feira a empresa que administra a imagem do jogador do Barcelona.

Messi já tinha manifestado a intenção de que o valor total da indenização fosse destinado à organização quando também recebeu decisão favorável em primeira instância. Na ocasião, o jornalista Alfonso Ussía, do jornal "La Razón", recorreu da sentença.

O atacante processou Ussía por causa de um artigo que o jornalista escreveu durante a Copa do Mundo de 2014, no qual o acusou de usar hormônio para crescimento e o chamou de "nandrolono", em referência à substância nandrolona, classificada como doping por diversas entidades esportivas.
 

Mais Esporte