Topo

Esporte

Lens afasta goleiro acusado de agredir a namorada

02/11/2017 17h59

Paris, 2 nov (EFE).- O Lens anunciou nesta quinta-feira que decidiu afastar temporariamente o goleiro Nicolas Douchez, ex-Paris Saint-Germain, à espera da evolução do processo no qual o jogador é acusado de agredir a namorada.

Douchez foi convocado para prestar depoimento ao Tribunal Correcional de Paris no dia 9 de novembro e será julgado em fevereiro do próximo ano.

Ao término dessa audiência, "o clube tomará uma decisão sobre a eventual sanção que poderá ser aplicada" ao jogador, informou o Lens em comunicado. Até que a decisão seja tomada, o goleiro permanecerá afastado do elenco.

Douchez, de 37 anos, foi detido em seu apartamento em Paris no dia 26 de outubro. A polícia foi alertada de madrugada e, ao chegar ao local, encontrou a namorada do jogador nua, ensanguentada, chorando e com hematomas pelo corpo.

A jovem, de 28 anos, contou aos agentes que a briga tinha começado durante a noite, quando o casal saiu de um restaurante. Segundo ela, a discussão foi causada por uma crise de ciúme e o jogador ameaçou quebrar a sua cabeça.

O Lens expressou no dia seguinte em comunicado que soube do ocorrido pela imprensa e que não se pronunciaria sobre os fatos porque, "se confirmados, teriam ocorrido em um ambiente privado totalmente alheio ao clube".

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte