Topo

Esporte

Espanhóis decidem, Chelsea vence United e embola briga por 2º lugar do Inglês

05/11/2017 17h09

Londres, 5 nov (EFE).- O Chelsea contou com participação decisiva de dois espanhóis para vencer neste domingo, o Manchester United por 1 a 0, em casa, e embolar a briga pela vice-liderança do Campeonato Inglês, que tem o Manchester City disparado na ponta.

A rede balançou no estádio Stamford Bridge uma única vez, aos 10 minutos do segundo tempo, em bela cabeça do atacante Álvaro Morata, após cruzamento preciso do lateral-direito César Azpilicueta.

O ex-Real Madrid e Juventus teve nova chance nos acréscimos da etapa complementar, quando recebeu passe de Willian, ficou frente a frente com o compatriota David de Gea, mas acabou se enrolando com a bola e sendo desarmado pelo equatoriano Antonio Valencia.

O ex-meia do Corinthians entrou no fim do segundo tempo, no lugar do belga Eden Hazard, e foi o único brasileiro em campo na partida. O zagueiro David Luiz, por opção do técnico italiano Antonio Conte, sequer foi relacionado para o banco de reservas.

Com a vitória, o Chelsea chegou aos 22 pontos e, embora se mantenha na quarta colocação, agora está um atrás do Manchester United, que permanece vice-líder, embora tenha a mesma pontuação do Tottenham, que mais cedo passou pelo Crystal Palace por 1 a 0.

O Manchester City, por sua vez, agora tem vantagem de oito pontos na liderança da competição, já que chegou aos 31, com a vitória sobre o Arsenal por 3 a 1, mais cedo, no Etihad Stadium. O terceiro gol do time comandado pelo espanhol Josep Guardiola foi marcado pelo atacante Gabriel Jesus.

No fechamento da 11ª rodada, o Everton saiu da zona de rebaixamento, ao vencer o Watford, em casa, por 3 a 2, em partida que o atacante Richarlison abriu o placar para os visitantes aos 30 segundos do primeiro tempo.

A equipe do ex-Fluminense chegou a ampliar aos 19 da etapa complementar, com o zagueiro belga Christian Kabasele. O atacante senegalês Oumar Niasse, o jovem atacante inglês Dominic Calvert-Lewin e o lateral-esquerdo inglês Leighton Baines, de pênalti, aos 46, viraram o placar.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte