Esporte

Investigação na Rússia rejeita acusações de relatório sobre doping no país

Pavel Golovkin/AP
Alexander Zhukov é o presidente do Comitê Olímpico Russo Imagem: Pavel Golovkin/AP

08/11/2017 16h04

Moscou, 8 nov (EFE).- O presidente do Comitê Olímpico Russo, Alexandre Zhukov, disse nesta quarta-feira (8) que a investigação oficial realizada no país rejeitou as acusações do relatório McLaren, feito a pedido da Agência Mundial Antidoping (Wada).

"Não se confirmaram nem os dados do relatório sobre o doping de milhares de atletas russos, nem outras conclusões contidas nesse documento", apontou o dirigente, em entrevista coletiva.

Zhukov destacou que, na "grande maioria dos casos", as investigações realizadas pelas respectivas federações internacionais, a respeito das acusações contra a Rússia, não apontaram em nenhuma punição contra atletas do país.

No fim de setembro, a Rússia anunciou a expedição de mandado internacional de busca e captura do antigo diretor do laboratório antidoping de Moscou Grigory Rodchenkov, que denunciou, no ano passado, a existência de um sistema de doping financiado pelo governo.

Segundo esta denúncia, dezenas de atletas do país, incluindo 15 medalhistas dos Jogos Olímpicos de Sochi, utilizaram substâncias ilegais, com chancela do estado. Uma das consequências do relatório McLaren, feito em seguida, foi a suspensão da federação russa de atletismo, que ficou fora da Rio 2016.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo