Esporte

Organização Internacional do Trabalho encerra investigação contra o Catar

08/11/2017 13h03

Genebra, 8 nov (EFE).- A Organização Internacional do Trabalho (OIT) encerrou nesta quarta-feira a investigação aberta contra o Catar, após demonstração de boa vontade em melhorar as condições de operários imigrantes, especialmente, aqueles que atuan nas obras para a Copa do Mundo de 2022.

O país árabe vinha sendo acusado por organizações sindicais e de defesa dos direitos humanos de violação de direitos fundamentais de trabalhadores estrangeiros, que estão estimados em 2 milhões de pessoas.

Entre os abusos apontados estão falta de pagamento de salários ou atrasos sistemáticos, confisco de passaportes e graves restrições para sair do país ou mudar de empregador. O governo do Catar teria apontado solução para todos os problemas.

A decisão de encerrar a investigação foi tomada pela OIT após a revisão de um extenso relatório feito pelo país, apresentando as medidas tomadas no último ano, para acabar com os abusos, que violavam convênios contra trabalho forçado.

A representantes das organizações sindicais junto a OIT, Catelene Passchier, reconheceu os esforços do Catar e manifestou apoio a decisão de fechar o inquérito. Já o representante das entidades patronais, Mthunzi Mdwaba, considerou que se trata de "um caso claro de progresso".

A partir de agora, o país árabe seguirá trabalhando com a Organização Internacional do Trabalho, em um programa de cooperação técnica integral.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo