Topo

Esporte

Brasileiros conquistam medalha de prata no 1º dia da etapa de Cingapura

18/11/2017 14h06

Redação Central, 18 nov (EFE).- A equipe mista do revezamento 4x50m medley garantiu neste sábado a única medalha do Brasil no primeiro dia de disputa da etapa de Cingapura, a última da edição 2017 da Copa do Mundo de natação.

O time, que caiu na água, nesta ordem, com Nélson Silva Júnior, Raphael Rodrigues, Daynara de Paula e Etiene Medeiros, ficou com a segunda colocação na prova, com o tempo de 1min38s77.

Há quatro dias, o Brasil terminou em terceiro na mesma disputa, na etapa de Tóquio, ao estabelecer marca de 1min39s83. Assim como aconteceu na capital do Japão, a Austrália levou a melhor hoje, fechando a prova com 1min38s65.

O bronze foi para a Holanda, desbancada pela equipe brasileira por apenas três centésimos.

Ainda neste sábado, Raphael Rodrigues terminou em quinto na prova dos 50m peito, ao nadar em 26s51 . A vitória ficou com o russo Kirill Prigoda, que levou a melhor ao cravar 25s80.

Nélson Silva Júnior, também participou de final, nos 100 metros costas, fechando a disputa no sétimo lugar, com 51s81, depois de ser quarto nas eliminatórias, com 51s92. O japonês Ryosuke Irie arrebatou o ouro, ao nadar em 49s88.

Nos 100m livre, Etiene Medeiros ficou em oitava na fase preliminar, com 54s24, mas ficou fora da final, já que apenas seis vagas estavam em disputa, pois, a sueca Sarah Sjostrom, que ficaria com a prata, e a holandesa Ranomi Kromowidjojo, bronze - foram batidas pela australiana Cate Campbell - tinha classificação direta.

Na eliminatória da mesma prova, Daynara de Paula terminou com o 11º melhor tempo, com 54s49, enquanto Clarissa Rodrigues foi 20ª colocada, entre 64 participantes, com 55s20. A pernambucana, além disso, foi décima nos 200m medley, com 2min18s32.

Já nos 200m medley, Matheus Gonche terminou como o 14º mais veloz, ficando fora da final, ao nadar em 2min01s41.

Sjostrom, além do segundo lugar nos 100m livre, ainda ficou com o sexto lugar nos 200m medley, que acabou ganho pela húngara Katinka Hosszu. A sueca já conquistou por antecipação o título da Copa do Mundo, encerrando hegemonia de cinco anos da "Dama de Ferro", campeã em sequência desde 2012.

No masculino, o vencedor do circuito é o sul-africano Chad Le Clos, pela quarta vez, após ter levado a melhor em 2011, 2013 e 2014. Hoje, o nadador de 25 anos venceu os 200m borboleta, desbancando o japonês Daiya Seto, e foi quinto nos 50m livre, que teve ouro para o russo Vladimir Morozov.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte