Topo

Esporte

Barça empata com Juventus e avança na Champions; Sporting segue com chances

22/11/2017 19h44

(Corrige placar de Sporting-Olympiacos)



Turim (Itália), 22 nov (EFE).- O Barcelona garantiu classificação às oitavas de final da Liga dos Campeões nesta quarta-feira, ao empatar com a Juventus, fora de casa, em 0 a 0, em uma partida com poucas emoções pelo grupo D, pelo qual o Sporting passou hoje pelo Olympiacos e continua com chances de avançar no torneio.

O time catalão, que entrou em campo precisando apenas do empate para garantir não só a vaga, como o primeiro lugar, se deu ao luxo de poupar o craque argentino Lionel Messi. O camisa 10 entrou em campo apenas aos 10 minutos do segundo tempo.

Com o resultado, o Barça chegou a 11 pontos, contra oito da Juve, que está na vice-liderança. Faltando uma rodada, a equipe espanhola tem a vantagem de ter levado a melhor na soma dos placares dos dois confrontos diretos, já que venceu no estádio Camp Nou por 3 a 0.

Já os atuais vice-campeões continentais vão para a última rodada precisando vencer o Olympiacos, na Grécia. Caso fiquem no empate ou sejam derrotados, terão que torcer para o Sporting não superar Messi e companhia fora de seus domínios.

Para o jogo desta quarta-feira, o destaque nas escalações foi a presença de Messi no banco de reservas. O jovem Gerard Deulofeu foi colocado ao lado do uruguaio Luis Suárez no ataque. Outro que ganhou oportunidade de começar jogando foi Paulinho.

Na Juve, o meia-atacante Douglas Costa apareceu no 11 inicial, formando trio ofensivo com os argentinos Paulo Dybala e Gonzalo Higuaín. Poupado no fim de semana, na derrota para a Sampdoria, pelo Campeonato Italiano, o lateral-esquerdo Alex Sandro voltou ao time. Já o veterano zagueiro Giorgio Chiellini ficou fora por lesão muscular.

O primeiro bom lance da partida no Juventus Stadium veio dos pés do ex-jogador de Grêmio e Bayern de Munique. Logo aos 2 minutos, Douglas Costa recebeu no lado direito da área e bateu cruzado, obrigando Ter Stegen a fazer boa defesa.

O goleiro alemão apareceu mais uma vez aos 17, quando Dybala se aproveitou de cochilo da zaga 'blaugrana', praticamente recebeu passe de adversário e emendou de primeira, do lado direito da área, parando no camisa 1.

A resposta do Barça, na primeira boa ação ofensiva da equipe, veio aos 21, quando Rakitic cobrou falta da intermediária, a bola passou por todo mundo e acabou acertando a trave, quando Buffon fez golpe de vista. No rebote, Paulinho tentou marcar de cabeça, mas finalizou mal.

A melhor oportunidade do primeiro tempo aconteceu aos 43, quando Alex Sandro conduziu pela esquerda e lançou para a entrada da área, onde Dybala "desarmou" Douglas Costa, que já estava pronto para receber, passou por dois adversários e soltou uma bomba, por cima do gol.

Aos 10 minutos do segundo tempo, depois de coro dos torcedores do Barcelona presentes no Juventus Stadium para pedir a entrada de Messi ao técnico Ernesto Valverde, o argentino enfim saiu do banco de reservas, entrando no lugar do apagado Deulofeu.

O craque levou perigo ao gol de Buffon aos 18, em cobrança de falta. O chute forte saiu por cima do gol defendido pelo veterano goleiro italiano.

Aos 22, Cuadrado errou feio ao tentar cortar um lançamento, caiu no chão e permitiu que Digné recebesse livre na esquerda. O lateral invadiu a área, não quis bater e tentou acionar Suárez, sem sucesso, perdendo grande oportunidade de balançar as redes.

De olho em garantir a classificação por antecipação, a Juve se lançou ao ataque dos minutos finais. Aos 47, na entrada da área, Alex Sandro acionou Dybala, que encheu o pé e acertou o canto direito do gol. Ter Stegen, no entanto, se esticou todo e garantiu o placar em branco.

Em Portugal, o Sporting não tomou conhecimento do Olympiacos, levando a melhor por 3 a 1. O atacante holandês Bas Dost foi o artilheiro da partida, marcando duas vezes. O meia brasileiro Bruno César, ex-Corinthians e Palmeiras, também balançou as redes pela equipe de Lisboa, e o volante belga Vadis Odjidja-Ofoe descontou para o time grego.



Ficha técnica:.

Juventus: Buffon; Barzagli, Benatia e Rugani; Cuadrado (Marchisio), Pjanic (Bentancur), Khedira e Alex Sandro; Dybala, Douglas Costa (Matuidi) e Higuaín. Técnico: Massimiliano Allegri.

Barcelona: Ter Stegen; Semedo, Piqué, Umtiti e Digné; Busquets, Paulinho, Rakitic e Iniesta (Alba); Deulofeu (Messi) e Suárez. Técnico: Ernesto Valverde.

Árbitro: Milorad Mazic (Sérvia), auxiliado pelos compatriotas Milovan Ristic e Dalibor Djurdjevic.

Cartões amarelos: Pjanic e Alex Sandro (Juventus); Paulinho, Digné e Piqué (Barcelona).

Estádio: Juventus Stadium, em Turim (Itália).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte