Topo

Esporte

Lille busca motivos para demitir Bielsa sem pagar multa, diz "L'Équipe"

23/11/2017 13h31

Paris, 23 nov (EFE).- O Lille está buscando motivos para conseguir demitir o técnico argentino Marcelo Bielsa, sem precisar pagar multa rescisória que pode chegar a 16 milhões de euros (R$ 61,3 milhões), conforme publicou nesta quinta-feira o jornal "L'Équipe".

'El Loco' foi suspenso temporariamente pela diretoria, sem que fossem divulgados os motivos ou, então, por quanto tempo o comandante da equipe, penúltima colocada do Campeonato Francês, ficará afastado do trabalho.

Segundo o "L'Équipe", a medida anunciada ontem é parte de um procedimento instaurado pela cúpula do Lille, para tentar demonstrar que Bielsa foi negligente na função que exerce. Os resultados, no entanto, não podem sem considerados neste caso.

O clube quer provar que o argentino cometeu "várias faltas graves" desde que chegou, na pré-temporada. Casos de indisciplina dentro do vestiário e atrasos em alguns treinos seriam duas das acusações contra o técnico.

Também seria usado contra o comandante, suposta viagem para o Chile, sem aviso prévio, para encontrar argentino Luis María Bonini em, suas últimas horas de vida. O ex-preparador físico da seleção chilena e Athletic Bilbao, durante as passagens de Bielsa, morreu na madrugada de hoje.

Hoje, em comunicado, o Lille divulgou que uma comissão, formada pelos franceses Fernando da Cruz, Benoit Delaval e Franck Mantaux, e o português João Sacramento, todos já funcionários do clube, comandará a equipe interinamente.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte