Esporte

Atuais semifinalistas, Juve e Atlético de Madrid tentam evitar queda precoce

04/12/2017 16h53

Redação Central, 4 dez (EFE).- A Juventus, atual vice-campeã, e o Atlético de Madrid, eliminado nas semifinais na última temporada, disputarão a última rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões nesta terça-feira pressionados diante do risco de eliminação precoce na principal competição interclubes da Europa.

A Juve vive uma situação um pouco mais tranquila e depende apenas das próprias forças para estar nas oitavas de final. A atual hexacampeã italiana é segunda colocada do grupo D, com oito pontos, e precisa bater o já eliminado Olympiacos em Pireus. Se não vencer, a 'Velha Senhora' precisará torcer pelo Barcelona, líder da chave, com 11 pontos, contra o Sporting, terceiro colocado, com sete.

Já o Atlético, derrubado pelo rival Real Madrid nas semifinais na temporada passada, encontra-se em meio a um drama. Os 'Colchoneros' vêm na terceira posição no grupo C, com seis pontos, dois a menos que a Roma, vice-líder.

Dessa forma, a equipe 'rojiblanca' precisará bater o Chelsea, líder e já classificado, em Stamford Bridge, e ainda "secar" a Roma, que não poderia vencer o Qarabag, já eliminado, no Estádio Olímpico da capital da Itália.

A Juventus ganhou moral na última sexta-feira ao quebrar a invencibilidade do até então líder Napoli no Campeonato Italiano com um triunfo por 1 a 0 em pleno estádio San Paolo. O gol foi marcado por Higuaín, ex-jogador dos 'Azzurri'.

No duelo com o Olympiacos, o técnico Massimiliano Allegri não poderá contar com o zagueiro Chiellini, desfalque devido a uma gastroenterite. O defensor se junta a uma lista de desfalques que já tinha o também zagueiro Höwedes, o lateral-direito Lichtsteiner e o atacante Mandzukic.

Antes de a bola rolar, a equipe grega prestará uma homenagem ao goleiro do adversário, Buffon, que receberá uma placa das mãos do vice-presidente do clube de Pireus, Savvas Theodoridis, que foi arqueiro dos anfitriões na década de 1950.

No outro jogo da chave, em busca de uma classificação heroica, o Sporting medirá forças com o Barcelona no Camp Nou. Para avançar, a equipe de Lisboa precisará quebrar um tabu, já que nunca obteve uma vitória em solo espanhol pela 'Champions'.

No Barça, que quer confirmar a liderança do grupo, o volante Paulinho mais uma vez começará jogando. O treinador Ernesto Valverde provavelmente apostará num esquema com três atacantes, dando uma chance a Alcácer ao lado de Messi e Luis Suárez.

Atrás de um milagre, o Atlético de Madrid confia no próprio crescimento para fazer sua parte e vencer o Chelsea em Londres. Os 'Colchoneros' vêm de quatro vitórias seguidas, uma pela Liga dos Campeões, duas pelo Campeonato Espanhol e uma pela Copa do Rei. Confia também no momento especial vivido pelo atacante Griezmann, que marcou quatro gols e duas assistências nas últimas três partidas.

Nos 'Blues', a dúvida é a presença ou não do zagueiro David Luiz, que poderia trocar o time da capital inglesa pelo Real Madrid em janeiro. O brasileiro ainda não se recuperou de uma lesão no joelho, que o tirou da vitória sobre o Newcastle por 3 a 1, no último sábado, pelo Inglês.

A Roma, que depende apenas de si para se colocar entre os 16 melhores e mandar o 'Atleti' para a Liga Europa, quer esquecer o jogo do time madrilenho e preocupar-se apenas em obter o resultado positivo diante do Qarabag.

No grupo A, o líder Manchester United (12 pontos) está praticamente classificado, mas, por ter perdido para o Basel na rodada anterior, não poderá ser derrotado pelo CSKA Moscou, terceiro colocado, por mais de dois gols de diferença em Old Trafford.

Já o CSKA tem duas alternativas: fazer três de frente em cima dos 'Diabos Vermelhos' ou superar o Basel em pontos - os times têm nove pontos cada atualmente. A equipe suíça, que supera a russa no confronto direto, visitará o eliminado Benfica, que sequer pontuou após cinco rodadas.

Avassalador na Liga dos Campeões até agora, o Paris Saint-Germain irá à Allianz Arena encarar o Bayern de Munique em confronto direto pela ponta da tabela no grupo B. Neymar e companhia poderão perder por dois gols de desvantagem que mesmo assim continuarão no topo.

O PSG quer se recuperar depois de ter perdido a invencibilidade no Campeonato Francês com um surpreendente revés diante do Strasbourg. O Bayern, por sua vez, tentará melhorar a imagem deixada há pouco mais de dois meses, quando foi presa fácil para o time parisiense.

Também pelo grupo B, Celtic e Anderlecht se enfrentarão em Glasgow pela terceira colocação, que leva à Liga Europa. Os donos da casa poderão perder por até dois gols de diferença.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo