Esporte

Juiz pede captura internacional de meia ex-Galo por abuso sexual

04/12/2017 17h20

Buenos Aires, 4 dez (EFE).- O meia argentino naturalizado paraguaio Jonathan Fabbro, que defendeu o Atlético-MG em 2006 e hoje atua pelo Lobos BUAP, se tornou alvo de uma ordem de captura internacional emitida por um juiz argentino para que o jogador preste depoimento sobre um suposto caso de abuso sexual contra uma menina de onze anos.

"O juiz Santiago Quian analisou as provas e considerou que está na hora de convocar o acusado a depor. Dado que se trata de um acusado que vive fora do país e o teor da acusação, que é um crime grave, ordenou a captura", disse o advogado Gastón Marano à "Radio Continental".

O advogado da família da vítima explicou que Fabbro esteve pela última vez na Argentina em julho, mas que "de alguma maneira" conseguiu "evitar o controle fronteiriço".

"O juiz entendeu que cabe solicitar a captura para que preste depoimento sobre o caso. Em princípio, foi solicitada a colaboração da polícia mexicana também para um pedido de extradição, com o qual ele poderia ser detido caso o México aceite o pedido", detalhou.

"Nesse caso, (Fabbro) pode ser detido em território mexicano a pedido da Argentina, como parte de um processo de extradição. Se ele sair do país, a Interpol será a encarregada de capturá-lo", acrescentou.

Marano também anunciou nesta segunda-feira, em entrevista ao canal "Todo Noticias", que a "Interpol emitiu um alerta vermelho com um pedido de prisão provisória com fins de extradição" para o meia de 35 anos.

Fabbro é acusado de ter abusado sexualmente de uma menina que em 2015 tinha nove anos. Marano evitou detalhar se a suposta vítima é parente de Fabbro, embora a imprensa argentina afirme que se trata da afilhada do jogador.

O advogado denuncia que Fabbro abusou da menor entre 2015 e 2016 e que "teria havido prática de sexo oral para o jogador com contato genital". Além disso, garantiu que a investigação não se baseia apenas nos relatos da menina, mas também em mensagens de texto e áudios enviados pelo aplicativo WhatsApp.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo