Esporte

"Se o Real está em crise, onde estamos nós?", questiona técnico do Dortmund

05/12/2017 18h12

Madri, 5 dez (EFE).- Eliminado precocemente na fase de grupos da Liga dos Campeões, o Borussia Dortmund se despedirá da competição nesta quarta-feira em jogo contra o Real Madrid no estádio Santiago Bernabéu, jogo que, na visão do técnico da equipe alemã, Peter Bosz, será bastante difícil, apesar do mau momento do adversário.

O Real vem de dois empates, com o modesto Fuenlabrada, pela Copa do Rei, e com o Athletic Bilbao, pelo Campeonato Espanhol, do qual é quarto colocado. Já o Dortmund não vence há sete rodadas pelo Alemão, o que o fez despencar da liderança para o sexto lugar.

"Se o Real Madrid está em crise, onde estamos nós? Não estão acostumados ao que estão vivendo, mas não acho que estejam em crise. No último jogo em que nos enfrentamos, estávamos numa situação muito boa, e eles nos venceram. Eles têm bons jogadores, e não acredito que estejam em crise", afirmou o treinador do Dortmund na sala de imprensa do estádio Santiago Bernabéu.

Para Bosz, o elenco do Real não piorou em relação à última temporada, que conquistou a Liga dos Campeões, com direito a goleada sobre a Juventus por 4 a 1 na final, e o Campeonato Espanhol.

"Não acredito que o Real Madrid esteja pior que na temporada passada. Eles vão melhorando com o passar do tempo e terminarão jogando muito bem porque têm jogadores muito bons", elogiou.

Com três derrotas e dois empates em cinco rodadas no grupo H da 'Champions', o Dortmund se limita a brigar com o APOEL Nicosia para ir à Liga Europa. A equipe cipriota, que também tem dois pontos, visitará o Tottenham em Wembley.

"Não iniciamos a temporada muito bem. Ganhamos todos os jogos no Alemão sem sofrer gols, com um futebol atraente, mas na Champions não foi assim. Diante do Tottenham, começamos perdendo, apesar de estarmos melhores em nível tático. Os jogos seguintes não foram bons e não vencemos o APOEL, como deveríamos. Agora estamos numa situação difícil", avaliou.

Perguntado pelo interesse do Real Madrid num nove no mercado de inverno, o técnico do Borussia Dortmund brincou com o seu jogador Pierre Emerick Aubameyang.

"É um jogador péssimo, muito ruim, não é bom para o Real Madrid. É brincadeira, digo isso porque espero que ele não saia porque é um jogador excelente, que tem qualidade para jogar no Real Madrid. Espero realmente que não saia e que fique conosco por muito tempo", disse.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo