Topo

Esporte

Arsenal goleia BATE Borisov; Estrela Vermelha obtém classificação histórica

07/12/2017 20h50

(Corrige antepenúltimo e penúltimo parágrafos).

Redação Central, 7 dez (EFE).- Mesmo com a vaga na fase de 16 avos de final já garantida, o Arsenal deu uma demonstração de sua força no encerramento da fase de grupos da Liga Europa nesta quinta-feira ao golear o BATE Borisov por 6 a 0 no Emirates Stadium, enquanto o Estrela Vermelha quebrou um jejum de mais de 20 anos ao vencer o Colônia por 1 a 0 na Sérvia.

Os 'Gunners', que já tinham a condição de líderes do grupo H assegurada, terminaram a campanha com 13 pontos, quatro a mais que o segundo colocado, o time sérvio, que não se colocava entre os 32 melhores de uma competição continental desde a Recopa Europeia da temporada 2016/2017.

Logo aos dois minutos de bola rolando em Londres, Elneny acertou a trave em ataque dos donos da casa, que abriram o placar pouco depois, aos dez. Coquelin lançou, Walcott tentou controlar e foi derrubado. Debuchy ficou com a sobra e chutou firme para fazer 1 a 0.

Aos 36 minutos, Elneny puxou contra-ataque e passou para Welbeck, que foi desarmado. Entretanto, o corte foi ruim e acabou caindo no pé de Walcott, que não vacilou e marcou o segundo. Pouco depois, aos 42, após a linha de passe, Wilshere bateu forte e aumentou.

Os 'Gunners' mantiveram o ritmo no segundo tempo e chegaram ao quarto gol logo aos seis minutos. Walcott disparou pela direita e cruzou rasteiro, Polyakov tentou cortar e marcou contra. O quinto foi de Giroud, que converteu pênalti cometido por Milunovic no próprio Walcott, aos 17.

Quem marcou o sexto foi Elneny, aos 28. Giroud desceu pela direita e deixou com Wilshere, que ajeitou para a esquerda. O egípcio chegou batendo e acertou o canto esquerdo.

Com a derrota do BATE Borisov, o duelo entre Estrela Vermelha e Colônia no estádio Rajko Mitic, em Belgrado, tornou-se confronto direto pelo segundo lugar. Os donos da casa levaram a melhor pelo placar de 1 a 0 e obtiveram a classificação histórica graças a um gol de Srnic, aos 22 minutos da etapa inicial.

No grupo L, Real Sociedad e Zenit São Petersburgo já estavam classificados e se enfrentaram no estádio Anoeta, em San Sebastián, na luta pelo primeiro lugar. Willian José marcou um gol a favor da equipe basca, mas não evitou a derrota por 3 a 1. Erokhin, Ivanovic e Paredes marcaram uma vez cada para o representante russo.

Com o triunfo, o Zenit foi a 16 pontos, quatro a mais que o adversário. O Rosenberg foi o terceiro, com cinco, depois de ter empatado com o Vardar em 1 a 1 em Skopje, na Macedônia. Ytalo, ex-jogador de Atlético-PR e São Paulo, balançou a rede e ajudou o time mandante a somar seu único ponto nesta edição da Liga Europa.

Outro brasileiro que deixou sua marca foi o volante Lucas Leiva, que fez seu primeiro gol com a camisa da Lazio. No entanto, o ex-atleta de Grêmio e Liverpool não evitou a derrota para o Zulte Waregem por 3 a 2 na Bélgica.

Os 'Biancocelesti' já haviam assegurado a ponta do grupo K e fecharam a campanha com 13 pontos, quatro a mais que o Nice, outro que entrou em campo com a vaga no mata-mata garantida e perdeu. O algoz foi o Vitesse, que fez 1 a 0 em Arnhem, na Holanda.

O Olympique de Marselha, dos brasileiros Dória e Luiz Gustavo, precisava apenas de um empate com o já classificado Red Bull Salzburg para ficar com o segundo lugar do grupo I e obteve sucesso, ficando no 0 a 0 no Velódrome. O time francês foi a oito pontos, quatro a menos que o adversário.

Dessa forma, Vitória de Guimarães e Konyaspor, que empataram em 1 a 1 em Portugal, morreram abraçados. Os donos da casa foram lanternas, com cinco pontos, contra seis do representante turco.

Vice-campeão em 2012, o Athletic Bilbao também passou de fase. O time basco precisava de um empate com o Zorya em Lviv, na Ucrânia, mas foi além e venceu por 2 a 0, com gols dos experientes Aduriz e Raúl García. A equipe basca foi a 11 pontos, cinco a mais que os donos da casa, e ainda subiu para o topo da tabela.

No outro jogo da chave, o Ostersund, que já havia selado a classificação, empatou com o Hertha Berlim, já sem chances de passar de fase, em 1 a 1 na capital alemã, e ficou em segundo. O confronto marcou a estreia profissional do goleiro Jonathan Klinsmann, filho do ex-atacante e técnico Jürgen Klinsmann, pelo time anfitrião.

O grupo G já tinha Steaua Bucareste e Viktoria Plzen confirmados no mata-mata, mas ainda faltava definir o líder. O representante da Romênia tinha dois pontos de vantagem na tabela, mas perdeu para o Lugano por 2 a 1 como mandante e foi ultrapassado pelo time tcheco, que derrotou o Hapoel Beer-Sheva por 2 a 0 em Israel.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte