Esporte

Guerrero afirma que vai recorrer "até última instância" contra suspensão

08/12/2017 12h03

Genebra, 8 dez (EFE).- Paolo Guerrero recebeu nesta sexta-feira com "extrema surpresa e decepção" a decisão da Fifa de suspendê-lo por um ano, apesar de a própria entidade ter reconhecido que o jogador não usou cocaína, afirmou a defesa do jogador, que anunciou que apresentará um recurso para reverter a pena.

"As provas são contundentes e somadas à baixíssima concentração do metabólito comum à folha de coca não justificam em nenhuma hipótese essa decisão", afirmou seu advogado, Pedro Fida, em comunicado enviado à Agência Efe.

O Comitê Disciplinar da Fifa anunciou hoje que decidiu suspender Guerrero durante um ano, depois que o jogador testou positivo para um metabolito de cocaína em um exame de doping realizado no último mês de outubro, após a partida das Eliminatórias para a Copa da Rússia entre Argentina e Peru.

Durante a audiência na qual Guerrero foi chamado pela Fifa para prestar depoimento em Zurique, sua defesa declarou que a substância encontrada na sua urina, devido aos baixos níveis achados na análise, foi fruto da ingestão de um chá contaminado com restos de folhas de coca nos dias anteriores ao jogo em Buenos Aires.

Nessa mesma ocasião, a Fifa constatou que a benzoilecgonina, principal metabólito da coca detectado no exame, não procede do consumo de cocaína.

"Estamos surpreendidos e decepcionados com a decisão da FIFA, penalizando o atleta com um ano de suspensão apesar de terem reconhecido que o jogador não usa cocaína", denunciou Fida.

Com a confirmação da sentença, o advogado indicou que entrará com um recurso na Corte Arbitral do Esporte (CAS).

"Vamos recorrer até a última instância em busca de justiça e em prol do jogo limpo e do esporte justo", salientou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo