Esporte

Três atletas russas punidas pelo COI recorrem à CAS

11/12/2017 13h20

Redação Central, 11 dez (EFE).- A biatleta Olga Zaytseva e as esquiadoras cross-country Yulia Chekaleva e Anastasia Dotsenko, todas russas, apresentaram recurso à Corte Arbitral do Esporte (CAS) contra a suspensão por doping imposta pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) após a reanálise de amostras recolhidas nos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi, em 2014.

A CAS confirmou a apresentação dos recursos e anunciou a abertura de um processo para cada uma das atletas, que solicitaram ao tribunal que atenda suas demandas antes do início dos próximos Jogos de Inverno, que serão disputados em PyeongChang em 2018.

Olga Zaytseva foi vice-campeã do revezamento 4x6 km em Sochi e o resultado positivo fez com que suas três companheiras de equipe também perdessem a medalha pela sanção do COI, que as desempossou dos títulos conquistados nos Jogos e as declarou inelegíveis para voltar a uma competição olímpica.

Yulia Chekaleva competiu em quatro modalidades e terminou na sexta posição do revezamento 4x5 km, e Anastasia Dotsenki competiu no sprint individual de 1,5 quilômetro, no qual terminou na 22ª posição, e na prova de sprint por equipes, com o sexto lugar.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo