Esporte

Volta de Espanha e Giro d'Italia mostram cautela com doping de Froome

13/12/2017 10h38

Redação Central, 13 dez (EFE).- Os organizadores da Volta da Espanha e do Giro d'Italia aguardarão os desdobramentos da informação de que o britânico Chris Froome foi flagrado em exame antidoping, conforme fontes de ambas as competições relataram à Agência Efe nesta quarta-feira.

De acordo com as informações obtidas, a União Ciclística Internacional (UCI) ainda não havia comunicado oficialmente o resultado positivo do atleta, em teste realizado no dia 7 de setembro deste ano, por uso do medicamento Salbutamol, substância broncodilatadora.

Em comunicado, o tetracampeão do Tour de France, cujo último título foi neste ano, afirmou que apresentou "sintomas de asma aguda" na última semana da Volta da Espanha, que também venceu, por isso aumentou a dosagem do remédio, dentro dos limites permitidos e sob recomendação médica.

O Giro d'Italia, por sua vez, aguarda a definição se o doping de Froome resultará em punição ou não.

O britânico testou para 2000 ng/ml de salbutamol, quando o limite permitido é de 1000 ng/ml. O resultado não implica em suspensão provisória obrigatória do ciclista, até que seja comprovado que a substância tenha sido utilizada para melhorar rendimento.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo