Topo

Esporte

Federação Espanhola não confirma ameaça de exclusão da seleção da Copa

15/12/2017 13h27

Madri, 15 dez (EFE).- A Federação Espanhol de Futebol (RFEF) divulgou comunicado nesta sexta-feira, em que não confirmou o recebimento de carta da Fifa, ameaçando sobre exclusão da Copa do Mundo, devido intereferência política na entidade.

Segundo o jornal "El País", a entidade internacional enviou carta, questionando o pedido do Conselho Superior de Esportes (CSD), órgão autônomo, vinculado ao Ministério de Educação, Cultura e Esportes, para a repetição das eleições da RFEF, realizadas em 22 de maio deste ano, que reelegeu Ángel Maria Villar.

O CSD pediu repetição do pleito devido as acusações por administração desleal, apropriação indevida, fraude, falsidade ideológica e corrupção contra o ex-mandatário da entidade nacional, que chegou a ser preso.

De acordo com o comunicado da RFEF, Fifa e Uefa estiveram em contato com o atual presidente da federação, Juan Luis Larrea, durante o sorteio dos grupos da Copa do Mundo, em 1º de dezembro. As duas partes já se reuniram, para discutir o assunto.

"Representantes da Fifa e Uefa mostraram uma enorme preocupação com a situação que está atravessando a Real Federação Espanhola de Futebol, manifestando o mais firme interesse em se dirigir a Espanha, para, o mais rapidamente possível, manter reuniões com as mais altas instâncias esportivas do país", afirma o texto.

Ainda de acordo com o comunicado da RFEF, já foi feito contato formal com o ministro de Educação, Cultura e Esporte, Íñigo Méndez de Vigo, e o secretário de Estado para o Esporte, José Ramón Lete, e é esperado o agendamento de um encontro.

"A Real Federação Espanhola de Futebol transferiu as inquietações para o ministro e o secretáriom estando a espera de uma data para realizar a reunião", diz a nota divulgada pela entidade nacional.

Mais cedo, o presidente do Governo da Espanha, Mariano Rajoy, revelou que a Fifa fez contato com órgãos oficiais, solicitando encontro, para discutir o impasse criado a partir o pedido de repetição das eleições da RFEF, realizadas em 22 de maio deste ano, que reelegeu Ángel Maria Villar.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte