Topo

Esporte

"Gostaria de me aposentar no Real Madrid, mas não depende de mim", diz CR7

16/12/2017 18h49

Redação Central, 16 dez (EFE).- O atacante Cristiano Ronaldo enviou uma mensagem direta ao presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, e afirmou neste sábado, após marcar o gol que garantiu o título do Mundial de Clubes sobre o Grêmio, que quer se aposentar no clube, mas que a renovação depende da diretoria.

"Se for possível, gostaria muito de me aposentar no Real Madrid, mas não depende só de mim. Só depende de mim o que eu faço dentro do campo. Eu não sou quem manda no clube. Faço bem meu trabalho dentro de campo e o resto não depende de mim. Se possível, eu gostaria (de me aposentar no clube), mas veremos isso em breve", disse o craque em entrevista coletiva após a decisão.

Cristiano comemorou a conquista do Mundial de Clubes e o fato de ser mais uma vez decisivo em uma final. Além disso, ele marcou seu sétimo gol na competição, se igualando a Pelé como o maior artilheiro da história do torneio.

"Estou muito contente de ganhar esse troféu. O Real Madrid nunca tinha ganhado cinco títulos em um ano e estamos muito felizes. Os recordes vêm de forma natural, fico muito contente em bater mais uma marca como artilheiro do Mundial de Clubes", disse o craque.

"Eu falo que meu trabalho é tentar dar o melhor e que as pessoas gostem do meu futebol. Me sinto motivado para jogar, treinar e aproveitar o futebol, que é o que eu mais gosto", completou.

Perguntado se já se considera como o melhor jogador da história do Real Madrid, o artilheiro português repetiu as declarações dadas após a conquista de sua quinta Bola de Ouro.

"Não tenho que falar constantemente de mim mesmo. Sigo pensando o que disse quando recebi a Bola de Ouro. Sou uma pessoa muito segura. Os números não enganam, falam por si só. Estou muito feliz, sigo motivado para continuar ganhando coisas em nível coletivo e individual", concluiu Cristiano.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte