Topo

Esporte

Pachuca vence Al-Jazira de Romarinho e alcança melhor posição em Mundiais

16/12/2017 13h50

Abu Dhabi, 16 dez (EFE).- O Pachuca venceu neste sábado o Al-Jazira, representante dos Emiradores Árabes no Campeonato Mundial de Clubes, por 4 a 1, e garantiu assim o terceiro lugar do torneio, selando a melhor de quatro participações na história.

No estádio Zayed Sports City, em Abu Dhabi, o time mexicano, eliminado pelo Grêmio - que enfrentará ainda hoje o Real Madrid, na decisão - nas semifinais, saiu na frente do placar, aos 37 minutos do primeiro tempo, graças a gol do meia uruguaio Jonathan Urretaviscaya.

Os anfitriões lutaram e conseguiram deixar tudo igual aos 12 da etapa final, com o meia emiradense Mubarak Alrezzi, em jogada que teve participação fundamental do atacante Romarinho, ex-Corithians, que chegou a concluir para a defesa do goleiro mexicano Alfonso Blanco, antes de o companheiro balançar as redes.

O balde de água fria para o Al-Jazira veio só três minutos depois, quando o atacante argentino Franco Jara balançou as redes. O atacante mexicano Roberto de la Rosa, aos 34 do segundo tempo, um minuto após entrar em campo, fez o terceiro. Já aos 39, o atacante chileno Ángelo Sagal, cobrando pênalti, deu números finais ao duelo.

Esta foi a quarta participação do Pachuca no Mundial, a equipe havia obtido um quarto lugar, em 2008. No ano anterior, os 'Tuzos' dividiram a quinta posição com o Sepahan, do Irã, desempenho que também alcançaram em 2010.

O Al-Jazira, por sua vez, depois de vender caro derrota para o Real Madrid por 2 a 1, de virada, nas semifinais, encerram a estreia no torneio com a quarta colocação, mais alta alcançada por uma equipe dos Emirados Árabes, depois do sétimo lugar do Al-Ahli, em 2009, e do sexto do Al-Wahda, no ano seguinte.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte