Esporte

Liga da França ameaça empresa por erros no sistema da linha do gol

Valery hache/AFP Photo
Tecnologia que auxilia os árbitros na França tem sido questionada Imagem: Valery hache/AFP Photo

19/12/2017 13h13

A Liga de Futebol Profissional da França (LFP), responsável pela organização do campeonato de futebol do país, ameaçou nesta terça-feira encerrar o contrato com a empresa que fornece o serviço de tecnologia da linha do gol, devido erros recentes.

Representantes da alemã GoalControl, encarregada pelo dispositivo tecnológico, receberam hoje dirigentes da LFP, para que fossem discutidos os 14 incidentes ocorridos na atual temporada - contra 11 registrados em 2016/2017 - e cobradas melhoras para os próximos jogos.

No último sábado, o jogo entre Troyes e Amiens, da primeira divisão, chegou a ficar paralisado por dez minutos, depois que o árbitro François  Letexier foi induzido a corrigir uma marcação, validando gol irregular dos visitantes, para, em seguida, enfim, cancelá-lo.

Como, inicialmente, avaliou que a bola não havia entrado, o juiz deixou a partida seguir e, na sequência do lance, antes do alerta do sistema tecnológico, o time da casa conseguiu marcar. Em meio a todo o imbróglio, Letexier também anulou o gol.

A empresa GoalControl se defendeu dos erros nesta terça-feira, apontando que a diferença de luminosidade nos estádios altera o funcionamento dos equipamentos, ao todo, 14 câmeras instaladas por partida.

Sobre o problema no jogo entre Troyes e Amiens, segundo a companhia alemã, se tratou de um erro humano.

Recentemente, uma ex-funcionária apontou que a GoalControl alertou internamente que o sistema cometia erros. A informação causou muita polêmica, ao ser publicada na França, que optou pela empresa, enquanto as ligas de Inglaterra, Alemanha e Itália ficaram com a Hawkeye, que já tinha experiência com jogos de tênis.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo