Topo

Esporte

Guerrero tem pena reduzida pela Fifa e poderá disputar Copa

20/12/2017 19h23

Lima, 20 dez (EFE).- O Comitê de Apelação da Fifa reduziu de um ano para seis meses a pena imposta ao atacante peruano Paolo Guerrero, que, assim, poderá disputar a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, confirmou nesta quarta-feira a organização que rege o futebol mundial em comunicado.

O comitê, cuja decisão tinha sido anunciada minutos antes pelo advogado do jogador, Pedro Fida, anunciou que aceitou parcialmente o recurso do atleta.

"Portanto, a decisão adotada pelo Comitê Disciplinar da Fifa em 7 de dezembro de 2017, por meio da qual o jogador foi suspenso por um período de um ano, foi parcialmente desestimada, e o período de suspensão de um ano foi reduzido para seis meses", explicou a federação internacional.

"A decisão foi tomada após terem sido analisadas todas as circunstâncias específicas do caso, em particular o grau de culpabilidade do jogador. Com isso, o período de de inelegibilidade de seis meses foi considerado adequado", acrescenta a nota.

A Fifa reiterou que após o exame antidoping realizado depois do jogo contra a Fifa, em 5 de outubro, em Buenos Aires, pelas Eliminatórias, o jogador deu positivo para benzoilecgonina, uma substância incluída na lista de proibições na categoria de estimulantes. A punição está em vigência desde 3 de novembro, quando Guerrero foi suspenso preventivamente.

O Comitê de Apelação ainda reiterou que a suspensão inclui partidas no âmbito nacional e internacional, sejam elas amistosas ou oficiais e esclareceu que não há possibilidade de a Corte Arbitral do Esporte pedir o aumento do pedido de gancho.

Em declarações à emissora peruana "RPP Noticias", Pedro Fida acrescentou que ainda recorrerá à CAS o mais rápido possível para anular totalmente a suspensão, considerada injusta pelo advogado. "Estamos muito conscientes de que o caso do jogador Guerrero nos permite conseguir uma absolvição numa terceira instância", sublinhou.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte