Topo

Esporte

Sem técnico, Independiente acompanha 5 nomes após saída de Holan

21/12/2017 15h47

Buenos Aires, 21 dez (EFE).- Matías Almeyda, técnico do Chivas; Eduardo Domínguez, do Colón; e Pablo Guede, do Colo Colo, são os principais candidatos para comandar o Independiente, após Ariel Holan renunciar ao cargo devido a ameaças feitas por torcedores violentos.

O vice-presidente do clube argentino, Pablo Moyano, disse há poucos dias que existe uma lista com cinco possíveis nomes, mas só revelou que um deles é Guede.

Antonio Mohamed, técnico do Monterrey, e o interino do Independiente, Fernando Berón, seriam os outros candidatos, segundo a imprensa local. No entanto, nenhum deles está perto de assinar contrato.

Jorge Vergara, proprietário do Chivas, disse nesta quarta-feira à emissora argentina "TyC Sports" que Almeyda está "contente" no clube mexicano e que não será negociada com Independiente.

"Nem nos sentaríamos para conversar se nos chamassem. Não vejo Matías saindo agora do Independiente, nós temos um contrato com ele", comentou.

Domínguez atravessa um grande momento no Colón, que ocupa a sétima posição no Campeonato Argentino, com cinco vitórias, cinco empates e apenas duas derrotas.

Guede também é muito querido no Colo Colo, com o qual conquistou três títulos em um ano e meio desde que assumiu o cargo de técnico da equipe.

Mohamed não parece disposto a abandonar o Monterrey porque há poucos dias manifestou publicamente a vontade de continuar no clube mexicano.

A opção de Berón ser efetivado também não é muito bem-vinda por conta da inexperiência do técnico. Em 2018, o Independiente disputará cinco competições: Campeonato Argentino, Copa Argentina, Recopa Sul-Americana, Suruga Bank e a Taça Libertadores.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte