Topo

Esporte

Valverde revela "boas festas" do Barcelona graças a vitória em clássico

Manu Fernandez/AP
Imagem: Manu Fernandez/AP

01/01/2018 17h04

Barcelona (Espanha), 1 jan (EFE).- O técnico espanhol Ernesto Valverde admitiu que o Barcelona teve um fim de ano especial, graças à vitória sobre o Real Madrid por 3 a 0, em pleno estádio Santiago Bernabéu, no dia 23 de dezembro, pelo Campeonato Espanhol.

"O clássico foi muito bom para nós, sobretudo pelo resultado e pela forte impressão que causamos. Tivemos boas festas de Natal e, agora, temos que nos preparar bem para este ano. Temos um mês de janeiro muito intenso pela frente", disse o comandante 'blaugrana'.

Anunciado como novo comandante do Barça em 29 de maio, Valverde concedeu entrevista à emissora oficial de TV do clube, fazendo um balanço sobre os primeiros meses de trabalho. Na conversa, o espanhol elogiou o comprometimento dos atletas.

"São vencedores e, extremamente, competitivos. Isso é possível notar nos treinos e jogos", avaliou o ex-Athletic Bilbao, Valencia, entre outros.

Valverde, que foi atacante do Barcelona entre 1988 e 1990, lembrou o trabalho atual é diferente dos anteriores que teve na carreira, por causa da existência de padrões bem definidos do futebol que deve ser apresentado.

"Aqui há um nível de qualidade e estilo de jogo que é preciso estar desenvolvendo permanentemente", disse.

O técnico ainda lembrou os momentos mais complicado até aqui no Barça, em que Neymar deixou a equipe, se transferindo para o Paris Saint-Germain. Além disso, na sequência, o francês Ousmane Dembelé, contratado junto ao Borussia Dortmund para substituir o atacante brasileiro, acabou se lesionando gravemente.

"Foi gerada uma sensação pessimista, em torno do time, mas soubemos reverter as adversidades e estamos felizes de como tudo está correndo até agora", garantiu o espanhol.

Valverde aproveitou para manifestar satisfação com o nível de atuação que o time do Barcelona vem apresentando, que valeu a liderança disparada do Campeonato Espanhol, com nove pontos de frente para o Atlético de Madrid, além de vaga nas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa.

"Quando não temos a bola, nos organizamos de uma maneira. Quando a temos, de outra. O mais importante é que, quando atacamos, somos todos atacantes e quando não, somos todos defensores. Isso gera espírito de equipe. Estamos juntos para tudo, e isso é fundamental", garantiu o treinador.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte