Topo

Esporte

Delfín se reforça com ex-Portuguesa e ex-Atlético-PR para Libertadores

02/01/2018 13h21

Guayaquil (Equador), 2 jan (EFE).- O Delfín, vice-campeão equatoriano em 2017, se reforçou para a primeira participação na Taça Libertadores, com dois jogadores que passaram pelo Brasil, o meia uruguaio Bruno Piñatares, ex-Portuguesa, e o atacante paraguaio Iván González, que defendeu Atlético Paranaense e América de Natal.

A informação foi confirmada à Agência Efe por uma fonte ligada o clube da cidade de Manta, que está no grupo 2 da competição continental, ao lado de Atlético Nacional, da Colômbia, Colo-Colo, do Chile, e Bolívar, da Bolívia.

Além da dupla, também chegou o zagueiro uruguaio Rodrigo Cabrera, contratado junto ao Fénix, que também já passou por Defensor, Fuenlabrada, da Espanha, entre outros.

Piñatares, que jogou na Portuguesa entre 2014 e 2015, estava atuando no Western Sydney Wanderers, da Austrália. Já González, que esteve no Atlético-PR em 2010, e no América de Natal, em 2011, teve o Rubio Ñu, do Paraguai, como último equipe.

Por outro lado, a fonte consultada pela Efe admitiu que o zagueiro paraguaio Francisco Silva, afastado do elenco por ato de indisciplina, aguarda decisão do técnico uruguaio Guillermo Sanguinetti, e do presidente, José Delgado, para saber se seguirá ou não no clube.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte