Topo

Esporte

Coutinho diz que não poderia deixar passar a chance de jogar no Barcelona

08/01/2018 13h54

Barcelona (Espanha), 8 jan (EFE).- O meia brasileiro Philippe Coutinho, apresentado nesta segunda-feira como jogador do Barcelona, após assinar contrato até 30 de junho de 2023, admitiu que não poderia desperdiçar a chance de atuar na equipe espanhola.

"Vir para cá é a realização de um sonho. Era uma oportunidade única e eu não tive dúvidas, porque, às vezes, as oportunidades só passam uma vez", disse o brasileiro, contratado junto ao Liverpool, em entrevista coletiva.

Coutinho assinou contrato até 30 de junho de 2023, em ato que contou com a presença do presidente do Barça, Josep Maria Bartomeu. O número que o brasileiro utilizará ainda é mistério, já que a camisa com que tirou as primeiras fotos tinha apenas seu sobrenome.

O craque, pelo qual os 'blaugranas' desenbolsaram, segundo a imprensa especializada 120 milhões de euros (R$ 467 milhões), além de mais 40 milhões de euros (R$ 156 milhões) por objetivos estabelecidos em contrato, ainda não tem data para estrear, já que apresenta lesão muscular na coxa direita, que o deixará em tratamento, pelo menos, por 20 dias.

"Não vou poder jogar agora, mas o contrato que tenho é de cinco anos. Espero que, em cinco anos, possa ser muito feliz aqui", garantiu.

No primeiro contato com a imprensa, o ex-Vasco evitou responder a perguntas em que a resposta deveria ser uma comparação entre ele e Neymar, cravando que são jogadores de "características diferentes". O meia, contudo, revelou como foi o contato com o atual atacante do Paris Saint-Germain, após o acerto.

"Ele me parabenizou, me falou da cidade e dos companheiros. Disse que havia um vestiário incrível aqui", contou.

Coutinho aproveitou para elogiar o meia espanhol Andrés Iniesta, a quem, muitos analistas apontam, será sucessor nos próximos anos, atuando mais recuado, na armação de jogadas.

"É um gênio, com que terei a sorte de atuar junto e aprender com ele", disse o novo reforço 'blaugrana'.

O brasileiro ainda comentou como foi o diálogo com o Liverpool, clube que o contratou em 2013, junto a Inter de Milão, e que deixou claro a intenção de jogar no Barcelona.

"Tentaram eu ficasse, mas entenderam que este era meu sonho. Passei os últimos meses dando tudo no Liverpool, como profissional que sou. Agora, chegou a hora de vir para cá", disse o meia brasileiro.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte