Esporte

"A Copa do Mundo não pode ser cobaia", diz Blatter sobre árbitro de vídeo

Michael Buholzer/AFP
Imagem: Michael Buholzer/AFP

10/01/2018 13h52

Berlim, 10 jan (EFE).- Ex-presidente da Fifa, Joseph Blatter se disse contrário ao uso do árbitro de vídeo (VAR) durante a Copa do Mundo deste ano, na Rússia, por considerar que o recurso não estará desenvolvido suficientemente, e é aplicado de maneira diferente nos países que já o implementaram.

"A Copa não pode ser usada como cobaia para uma intervenção tão grande no desenvolvimento do jogo", disse Blatter em entrevista publicada nesta quarta-feira pela revista alemã "SportBild". "Seria um erro utilizar o árbitro de vídeo na Rússia, o sistema não está maduro, muitos países o usam de maneira diferente", acrescentou.

O sucessor de Blatter na presidência da Fifa, Gianni Infantino, quer utilizar o VAR no Mundial. O sistema foi testado em vários campeonatos pelo mundo, incluindo a Copa das Confederações, o Mundial de Clubes, a Taça Libertadores e a Copa Sul-Americana, gerando ainda algumas polêmicas.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo