Topo

Esporte

Veterano atacante japonês Kazu renova contrato com Yokohama FC aos 50 anos

11/01/2018 09h20

Tóquio, 11 jan (EFE).- O atacante japonês Kazuyoshi Miura, um dos jogadores mais velhos em atividade no mundo, renovou seu contrato com o Yokohama FC por mais uma temporada, faltando pouco mais de um mês para completar 51 anos, anunciou nesta quinta-feira o clube em um comunicado.

O veterano jogador, apelidado "King Kazu", se mostrou satisfeito pela extensão de seu contrato e feliz de poder continuar dando o melhor de si "sem importar o momento e continuar crescendo" neste esporte, em uma mensagem divulgada.

O clube japonês anunciou a renovação com o jogador, que veste o número 11, segundo destacou a imprensa local.

Miura se uniu ao Yokohama FC da Segunda Divisão japonesa em 2005 e se tornou, em março do ano passado, no profissional mais velho a aparecer em uma partida profissional aos 50 anos e sete dias, superando o recorde do britânico Stanley Matthews.

O atacante nipônico, que completará 51 anos em 26 de fevereiro, não bateu o recorde do Guinness do uruguaio Robert Carmona, que aos 55 anos atua no clube italiano Audax Orione.

Natural da prefeitura de Shizuoka (centro), Miura iniciou sua carreira nos anos 80 no Brasil (jogou pelo Santos, Palmeiras e Coritiba), para onde viajou com 15 anos para se tornar profissional.

Ao retornar para o Japão, Miura se tornou o principal artilheiro nacional da recém-instaurada J.League com Verdy Kawasaki, equipe em que marcou 100 gols ao longo de oito temporadas.

"King Kazu" foi o primeiro japonês a jogar na Itália (esteve no Gênova) e também disputou uma temporada no Sydney da Austrália e outra no Dínamo Zagreb, da Croácia.

Kazu atmbém foi um grande ídolo na seleção japonesa nos anos 90 ainda que, já com 31 anos, foi excluído no último momento da lista de 22 jogadores que foram selecionados para o Mundial da França em 1998, o primeiro que o Japão em sua história. EFE.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte