Topo

Esporte

Chilavert critica afastamento de Haedo Valdez do elenco do Cerro Porteño

16/01/2018 18h01

Assunção, 16 jan (EFE).- O ex-goleiro paraguaio José Luis Chilavert saiu nesta terça-feira em defesa do antigo companheiro de seleção Nelson Haedo Valdez, que foi colocado para treinar em separado pelo técnico do Cerro Porteño, o colombiano Leonel Álvarez.

"Você é uma lenda do Paraguai. Deixo minha solidariedade, e peço que você cumpra seu contrato. No Paraguai, quando chega um estrangeiro, lhe estendem os tapetes vermelhos, Muitos foram medíocres jogadores em seu país, mas acham que inventaram o futebol", lamentou o hoje comentarista, em postagem no Twitter.

Haedo Valdez, de 34 anos, está afastado do elenco do 'Ciclón' desde a reapresentação, no início de janeiro. A imprensa local vem apontando a possibilidade de o jogador aceitar proposta de rescindir o contrato, um ano antes do término do vínculo.

Antes de ser anunciado pelo Cerro, há um ano, o atacante havia vestido apenas a camisa do modesto Tembetary, no Paraguai. Depois disso, defendeu Werder Bremen, Borussia Dortmund, Rubin Kazan, Valencia, Olympiacos, entre outros.

Na Taça Libertadores, o time de Assunção está no grupo 1, que tem Grêmio, Defensor, do Uruguai, e Monagas, da Venezuela.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte