Topo

Esporte

PSG goleia por 8 a 0 com 4 gols de Neymar e recorde de Cavani

17/01/2018 20h44

Redação Central, 17 jan (EFE).- O Paris Saint-Germain obteve nesta quarta-feira sua maior goleada na temporada ao bater o Dijon por 8 a 0 no Parc des Princes, pela 21ª rodada do Campeonato Francês, com grande atuação de Neymar, que balançou as redes quatro vezes, e recorde de Cavani, agora maior artilheiro da história do clube parisiense.

De olho na segunda metade da temporada, o técnico Unai Emery escalou equipe mista, deixando de fora jogadores como o lateral-direito Daniel Alves e o zagueiro Marquinhos. A dupla na retaguarda foi formada por Thiago Silva e Kimpembe.

Desde o começo, ficou claro que a equipe visitante não teria a menor chance de fazer frente aos donos da casa, que abriram o placar aos quatro minutos de bola rolando, com Di María, em bonito chute de fora da área. Pouco depois, aos 15, Neymar protagonizou bonita jogada individual e deu uma cavadinha sobre o goleiro. O meia argentino conferiu e marcou também o segundo.

Aos 21 minutos, Cavani igualou Ibrahimovic como maior goleador do PSG em todos os tempos, com 156 gols. O uruguaio escorou cruzamento de Di María e deixou o seu.

A partir de então, teve início o show de Neymar, que fez quatro dos cinco gols seguintes e deu passe para o outro. Ainda antes do intervalo, aos 42 minutos, o camisa 10 bateu falta no canto esquerdo, o goleiro apenas olhou, e a bola entrou.

No segundo tempo, aos 12 minutos, o brasileiro assinalou o quinto do PSG pegando sobre na área. O sexto veio aos 28, quando Neymar levou da esquerda para a direita, passando pela marcação de cinco homens, e chutou cruzado por baixo.

Quatro minutos depois, o camisa 10 conduziu pelo meio, percebeu a passagem de Mbappé, que havia começado no banco, e rolou para o francês, que arrematou colocado entre o pé direito do goleiro e a trave.

Ainda houve tempo para certa polêmica interna no time de Paris. Aos 38, Cavani sofreu pênalti e não fez qualquer movimento para cobrar, deixando a bola com Neymar. Parte da torcida queria que o chute fosse do uruguaio, mas o brasileiro bateu e chegou a quatro gols em um jogo da 'Ligue 1', feito realizado na última vez em setembro de 2016 justamente por Cavani, diante do Caen.

Após o apito final, quase todos os jogadores prestaram o tradicional agradecimento aos torcedores que foram ao Parc des Princes. A exceção foi justamente Neymar.

Com a goleada, o PSG foi a 56 pontos no Campeonato Francês, do qual é líder isolado. Já o Dijon, que agora tem a pior defesa, com 42 gols sofridos, vem em 11º lugar, com 25 pontos.

A segunda posição é do Lyon, do lateral Rafael e o zagueiro Marcelo, que foi a 45 pontos ao derrotar o Guingamp por 2 a 0 fora de casa, no Stade Municipal de Roudourou. Fekir e Aouar balançaram a rede uma vez cada.

Quinto colocado, com 34 pontos, o Nantes, do técnico Claudio Ranieri, vencia o Toulouse por 1 a 0 como visitante, graças a um gol de Krhin. Entretanto, aos 51 minutos da segunda etapa, Gradel definiu o empate em 1 a 1.

Ranieri pôde escalar o zagueiro Diego Carlos, que no domingo, durante derrota pelo PSG por 1 a 0, havia sido expulso e sofrido uma tentativa de agressão do árbitro. O cartão vermelho foi anulado pela organização do campeonato.

Na parte de baixo da tabela, o Lille, que teve em campo os brasileiros Thiago Maia, Thiago Mendes e Luiz Araújo, é o último concorrente fora da zona de rebaixamento, com 22 pontos, um a mais que o Troyes. A equipe recebeu o Rennes e perdeu por 2 a 1.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte