Topo

Esporte

COI diz que 22 atletas norte-coreanos participarão dos Jogos de Pyeongchang

20/01/2018 12h13

Marta Furtada

Lausanne (Suíça), 20 jan (EFE).-Vinte e dois atletas norte-coreanos de três esportes diferentes participarão dos Jogos Olímpicos de Inverno de PyeogChang, anunciou neste sábado o presidente do Comitê Olimpico Internacional (COI), Thomas Bach.

Estes esportistas estarão acompanhados de 24 treinadores e outros funcionários, porque o COI decidiu abrir uma exceção e permitir a participação dos atletas apesar de todas as datas limites terem expirado, especificou Bach.

"Hoje é um grande dia, no qual o espírito olímpico uniu todas as partes", afirmou o presidente do COI.

O presidente fez estas declarações ao término do encontro em que participaram uma delegação da Coreia do Norte, uma da Coreia do Sul e uma do comitê organizador de PyeongChang 2018, junto com os representantes do COI.

Os 22 esportistas competirão em cinco disciplinas distintas: patinação artística, patinação de velocidade em pista curta, esqui de fundo, esqui alpino, e hóquei sobre gelo.

Neste último esporte, haverá uma equipe feminina composta por atletas norte e sul-coreanas, como ambos países tinham acordado recentemente. Será a primeira vez nos Jogos Olímpicos que haverá uma equipe unificada de ambas Coreias.

A equipe unificada de hóquei sobre gelo será formada por 23 jogadoras sul-coreanas e 12 norte-coreanas.

Nas outras disciplinas a participação dos atletas foi garantida como uma vaga para patinação artística, duas para patinação de velocidade em pista curta, três para esqui de fundo e três para esqui alpino.

Todas estas decisões constam na Declaração "da Península da Coreia", que foi assinada por todos os participantes, incluídos o ministro norte-coreano de Esportes, Kim il-guk, e seu homólogo sul-coreano, Do Jong-hwan.

Outra decisão previamente tomada, mas ratificada pelo COI, foi a que, pela primeira vez em 12 anos, as duas Coreias desfilarão juntas e sob uma mesma bandeira na abertura de uns Jogos Olímpicos, algo que já ocorreu em outras três ocasiões.

A delegação unificada desfilará sob o nome da "Coreia "e dois atletas - um norte-coreano e um sul-coreano, e um homem e a outra mulher - levarão a bandeira da unificação.

Todo o material técnico será proporcionado aos atletas norte-coreanos pelo COI e as federações internacionais uma vez chegados à cidade sul-coreana, especifica a declaração.

Em seu discurso inaugural perante os convidados, Bach disse que o processo está sendo feito baseado "na crença de que os Jogos Olímpicos estão além das tensões políticas".

No término de seu discurso, Bach disse que o espírito olímpico "representa o respeito, o diálogo e a compreensão. Os Jogos Olímpicos de PyeonChang 2018 devem abrir a porta para um futuro mais brilhante na península coreana".

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte