Topo

Esporte

Presidente do COI diz que Jogos de Inverno só terão atletas russos "limpos"

24/01/2018 15h53

Redação Central, 24 jan (EFE).- O alemão Thomas Bach, presidente do Comitê Olímpico Internacional, garantiu nesta quarta-feira que o objetivo da entidade de retirar atletas da Rússia dos Jogos Olímpicos de Inverno, que acontecerão em PyeongChang, na Coreia do Sul, não é provocar constrangimento.

"A lista final de participantes nos dá a maior confiança de que só estarão nos Jogos, atletas russos totalmente limpos", disse o dirigente, durante teleconferência com jornalistas.

Bach tratou o grupo de desportistas que irão para a competição, que começará no dia 9 de fevereiro, como "novos embaixadores do esporte russo limpo", garantindo que estes estão sendo premiados com o direito de estar nos Jogos.

Segundo o presidente do COI, por isso, na lista de atletas, ficaram fora aqueles com a "mais leve dúvida ou suspeita", de acordo com critérios estabelecidos por painel independente criado para investigar o doping na Rússia.

Entre os atletas que não irão a PyeongChang estão Anton Shipulin, do biatlo, e o sul-coreano naturalizado Viktor An, da patinação em velocidade, ambos medalhistas de ouro em Sochi, há quatro anos, além de Sergey Ustiugov, campeão mundial de esqui nórdico, conforme divulgou o vice-presidente do comitê russo, Stanislav Pozdniakov. EFE

nam/bg

Mais Esporte