Topo

Esporte

Federação italiana multa Lazio em 50 mil euros por insultos antissemitas

25/01/2018 18h18

Roma, 25 jan (EFE).- A Federação Italiana de Futebol (FIGC) condenou nesta quinta-feira a Lazio ao pagamento de uma multa de 50 mil euros (R$ 195 mil) pelos insultos antissemitas de alguns dos torcedores do clube em outubro do ano passado contra rivais da Roma.

Na ocasião, os "ultras" da Lazio utilizaram adesivos com a imagem de Anne Frank, uma adolescente alemã de origem judaica que morreu no Holocausto, utilizando uma camisa da equipe da Roma.

A FIGC explicou em um comunicado publicado em seu site que o Tribunal Federal Nacional considerou que a multa serve para punir "fatos graves", que exigem uma resposta "forte e decidida".

Além disso, a sentença destaque que os insultos antissemitas são "contrários" aos valores defendidos pelo futebol e provocam "sentimentos de desdém e vergonha na opinião pública".

O incidente ocorreu em outubro, quando, durante uma partida contra o Cagliari no Estádio Olímpico, os ultras da Lazio começaram a exibir uma série de imagens antissemitas, entre elas as fotos de Anne Frank com a camisa da Roma.

A atitude foi criticada por diversos setores do mundo do futebol e da política. Por isso, a FIGC abriu uma investigação para tentar encontrar os responsáveis pela conduta racista.

A diretoria da Lazio condenou a ação e entregou uma coroa de flores simbólica à sinagoga de Roma. Os jogadores do clube entraram em campo no jogo posterior ao incidente com uma camisa com a imagem de Anne Frank.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte