Topo

Esporte

Heroico, time boliviano marca no fim com dois jogadores a menos e avança

Ernesto Benavides/AFP
Jose Meza comemora gol de Jorge Paredes que classificou Oriente Petrolero Imagem: Ernesto Benavides/AFP

27/01/2018 03h21

De maneira heroica, o Oriente Petrolero-BOL - com dois jogadores expulsos - conquistou na noite de sexta-feira sua classificação para a segunda Copa Libertadores da América, mesmo sendo derrotado por 3 a 1 para o Universitario-PER, no Estádio Monumental, em Lima (Peru), pelo jogo de volta.

Por ter perdido por 2 a 0 na última segunda-feira, em Santa Cruz de la  Sierra (Bolívia), a equipe peruana precisava pelo menos vencer pelo mesmo placar para decidir nos pênaltis. E precisando marcar, partiu desde o início para o ataque, fazendo o primeiro gol logo aos 7 minutos, com o lateral Aldo Corzo.

A vaga dos peruanos parecia estar garantida quando aos 14 minutos da etapa final, Paulo Rosales levou o segundo cartão amarelo e foi expulso, e no minuto seguinte, novamente Corzo marcou, fazendo 2 a 0 para os donos da casa.

O terceiro gol e que daria a vaga ao Universitario saiu cinco minutos depois, com Daniel Chávez. A esperança da classificação do Oriente Petrolero parecia ter chegado ao fim quando aos 25, Yasmani  Duk, que ficou em campo somente cinco minutos, foi expulso após agredir um adversário.

Porém, mesmo com o placar adverso e sem menos dois jogadores, os bolivianos não desistiram e chegaram ao gol da classificação aos 39 minutos, com o zagueiro Jorge Paredes, de cabeça.

Na segunda fase, o Oriente Petrolero enfrentará o também boliviano Jorge Wilstermann. O primeiro confronto está programado para a próxima quinta-feira, dia 1° de fevereiro, no Estádio Ramón  Tahuichi Aguilera, em Santa Cruz de la  Sierra.

O Deportivo Táchira-VEN,que segurou o 0 a 0 contra o Macará-EQU após o empate por 1 a 1 no Equador, e o Olimpia, que venceu Montevideo Wanderers-URU por 2 a 0, também avançaram para a segunda fase da Libertadores, que terá início na terça-feira. o Vasco, que enfrenta o Universidad Concepción, e a Chapecoense, que encara o Nacional do Uruguai, são as equipes brasileiras que iniciarão a trajetória na próxima semana.
 

Mais Esporte