Topo

Esporte

Liverpool se reabilita e mantém 4ª posição do Inglês; Arsenal leva virada

30/01/2018 20h54

Londres, 30 jan (EFE).- O Liverpool venceu o Huddersfield por 3 a 0 fora de casa nesta terça-feira e se firmou na quarta posição do Campeonato Inglês, recuperando-se da derrota sofrida na rodada anterior para o Swansea, que voltou a "aprontar" hoje ao bater o Arsenal por 3 a 1 de virada.

Os 'Reds', que vinham também da eliminação na Copa da Inglaterra para o West Bromwich no último sábado, se reabilitaram e foram a 50 pontos na 'Premier League', mesmo número que o terceiro colocado, o Chelsea, que nesta quarta jogará contra o Bournemouth em Stamford Bridge. Quem vem em quinto é o Tottenham, que tem cinco pontos a menos e amanhã receberá o vice-líder Manchester United.

O Huddersfield, por sua vez, já não vence há sete partidas e se aproxima perigosamente da zona de rebaixamento. O time aparece em 14º, com 24 pontos, apenas um a mais que o Stoke City, antepenúltimo.

No jogo disputado no John Smith's Stadium, Can abriu o placar para o Liverpool aos 26 minutos do primeiro tempo, com um chute forte de fora da área. Roberto Firmino aumentou a vantagem nos acréscimos, aos 46, batendo da ponta esquerda, mesmo com pouco ângulo.

Na etapa final, aos 33 minutos, Can sofreu pênalti. Salah, artilheiro do time visitante na temporada, converteu a cobrança e chegou a 26 gols na campanha atual.

Embalado, o Swansea deixou a zona de rebaixamento, saltando da lanterna para a 17ª colocação, enquanto o Arsenal estacionou em sexto, com 42.

Os 'Gunners' fizeram 1 a 0 aos 33 minutos da primeira etapa no Liberty Stadium, com gol de Nacho Monreal. Porém, Clucas deixou tudo igual um minuto depois.

Após o intervalo, aos 16, Jordan Ayew colocou os donos da casa em vantagem no placar. Na parte final do jogo, aos 41, Clucas marcou outro e confirmou o triunfo.

Na outra partida desta terça-feira, West Ham, décimo colocado, e Crystal Palace, 12º, empataram em 1 a 1 no Estádio Olímpico de Londres. Os 'Hammers' saíram atrás, graças a gol de Benteke, mas deixaram tudo igual em pênalti convertido por Noble.

Mais Esporte