Topo

Esporte

CAS determina que não tem jurisdição para avaliar denúncia de russos

08/02/2018 10h32

Pyeongchang (Coreia do Sul), 8 fev (EFE).- A Corte Arbitral do Esporte (CAS) determinou nesta quinta-feira que não tem jurisdição para decidir sobre os recursos apresentados por seis atletas e sete técnicos russos, que pedem serem convidados para participar dos Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang, na Coreia do Sul.

O tribunal não divulgou, por meio de comunicado, os detalhes da decisão, apontando que as informações serão veiculados amanhã, quando também será anunciada resposta a denúncia de outros 47 desportistas da Rússia contra o Comitê Olímpico Internacional (COI).

Devido a suspensão do Comitê Olímpico Russo, pela existência de um sistema de doping patrocinado pelo governo, vigente nos Jogos de Sochi, há quatro anos, representantes do país só podem participar do evento em Pyeongchang sob bandeira neutra e a partir de convite.

Todos os que recorreram a CAS nesta semana, nunca foram flagrados em exames antidoping. Ainda assim, não receberam autorização de participar do evento, que será aberto oficialmente nesta sexta-feira.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte