Topo

Esporte

Björgen melhora recorde e leva Noruega ao 1º lugar no quadro de medalhas

25/02/2018 05h24

PyeongChang (Coreia do Sul), 25 fev (EFE).- Marit Bjoergen ganhou neste domingo sua quinta medalha em PyeongChang, a segunda de ouro, vencer a prova de 30 quilômetros estilo clássico de esqui cross-country, com o que melhorou seu próprio recorde absoluto de vitórias em Jogos Olímpicos de Inverno e, de quebra, fez com que seu país, a Noruega, ficasse em primeiro no quadro de medalhas.

Bjoergen, de 37 anos, venceu a prova, a última destes Jogos, disputada no Centro de Esqui Nórdico de Alpensia de PyeongChang, com um tempo de uma hora, 22 minutos, 17 segundos e seis décimos, com uma vantagem de um minuto e 49 segundos sobre a finlandesa Krista Parmakoski, que levou a prata.

O bronze foi para a sueca Stina Nilsson, que chegou a um minuto e 58 segundos de Bjoergen, que com o título conquistado neste domingo melhorou seu próprio recorde absoluto - entre homens e mulheres -, que agora é de oito ouros, quatro pratas e três bronzes.

Sua vitória também fez com que a Noruega terminasse na primeira colocação do quadro de medalhas da 23ª edição dos Jogos de Inverno, em uma disputa que só foi decidida na última prova.

A Alemanha tinha levado ouro e prata no bobsled 4-man pela manhã; e outra prata, já de tarde, ao perder a final do hóquei masculino contra a equipe de atletas russos.

No entanto, Bjoergen virou o jogo e garantiu o topo do quadro de medalhas ao seu país ao ganhar a última prova de esqui cross-country, que fechou a competição olímpica na Coreia do Sul. EFE

arh/rsd

Mais Esporte