Topo

Esporte

Jogo do Raja Casablanca no Marrocos termina com 65 detidos por vandalismo

Reprodução
Torcedores causaram uma enorme confusão no jogo de domingo Imagem: Reprodução

26/02/2018 09h41

A partida de domingo entre o Kawkab e o Raja de Casablanca, válida pelo Campeonato Marroquino, foi marcada pela detenção de 65 torcedores por atos de vandalismo no Grande Estádio de Marrakech.

Segundo um comunicado do Tribunal de Primeira Instância de Marrakech (sul do Marrocos) recolhido pela agência oficial MAP, os torcedores detidos causaram "grandes danos materiais" e feriram 14 agentes de segurança.

Diversos veículos de imprensa locais apontam os torcedores do Raja como responsáveis e afirmam que foram arrancados cerca de 2 mil assentos do estádio, com capacidade para 45 mil espectadores.

Os incidentes obrigaram o árbitro a parar a partida por mais de seis minutos.

No Marrocos são frequentes os distúrbios provocados pelos torcedores fanáticos, especialmente os dos dois grandes clubes de Casablanca, o Raja e o Wydad.

O Raja venceu por 0 a 3 e manteve a segunda posição na tabela, a dois pontos do líder, o Ittihad Tânger.

Antes do começo da partido, foi feito um minuto de silêncio em memória dos quatro torcedores do Raja que faleceram em um acidente de trânsito quando viajavam para Marrakech para assistir a partida.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte