Topo

Esporte

Após 3 quedas na fase de grupos, Fla estreia na Libertadores contra o River

27/02/2018 17h24

Rio de Janeiro, 27 fev (EFE).- O Flamengo estreará na Taça Libertadores nesta quarta-feira jogando contra o River Plate nesta quarta-feira, com portões fechados no Estádio Olímpico Nilton Santos, e quer iniciar a campanha com o pé direito para quebrar uma incômoda sequência, a de ter sido eliminado já na fase de grupos em suas três últimas participações.

Em 2010, o Rubro-Negro avançou até as quartas de final do torneio continental, caindo diante do Universidad do Chile, que tinha o meia Walter Montillo como destaque. Depois disso, esteve na competição em 2012, 2014 e 2017 e em todas elas ficou em terceiro lugar em sua chave.

Neste ano, até agora, o campeão continental de 1981 entrou em campo com time titular apenas três vezes e levou a melhor em todas as três: nas semifinais e na final da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca, passou por Botafogo (3 a 1) e Boavista (2 a 0), respectivamente, e depois, pela Taça Rio, goleou o Madureira por 4 a 0.

No compromisso mais recente, com reservas em campo, o Fla não foi bem e sofreu uma goleada diante do Fluminense por 4 a 0, também pelo segundo turno do estadual, em clássico disputado na Arena Pantanal, em Cuiabá.

Nesta primeira fase, o vice-campeão da última Copa Sul-Americana não poderá contar com o atacante Paolo Guerrero, que cumpre suspensão por doping e voltará aos gramados apenas em maio. A grande esperança de gol passou a ser Henrique Dourado, artilheiro do último Campeonato Brasileiro justamente pelo rival Flu.

Além de Guerrero, o volante Gustavo Cuéllar também será desfalque diante dos 'Millonarios'. O atleta colombiano foi expulso no jogo de volta da Sul-Americana, contra o Independiente, e dará lugar a Jonas.

Ainda em relação à partida contra o 'Rojo', em dezembro, o Flamengo foi punido por problemas de violência de alguns de seus torcedores e terá de jogar duas vezes com portões fechados como mandante.

O adversário não vem em boa fase. O time de Buenos Aires venceu apenas um de seus últimos sete confrontos pelo Campeonato Argentino e ocupa a modesta 20ª posição entre 28 concorrentes.

"O River é um dos grandes do futebol mundial e enfrentá-lo sempre será garantia de um jogo complicado e muito disputado. O Flamengo sempre entra em campo com a mentalidade de vencer, pois respeitamos o adversário", declarou o técnico rubro-negro, Paulo César Carpegiani.

A delegação dos 'Millonarios' desembarcou na noite desta segunda-feira no Rio de Janeiro com muitas dúvidas em relação à escalação. O técnico Marcelo Gallardo não tem à disposição o lateral-esquerdo Ariel Rojas nem com o meia Gonzalo Martínez, machucados, nem com o também meio-campista Ignacio Fernández, suspenso.

Os dois times estão no grupo 4 da Libertadores, que conta ainda com o Emelec e o Independiente Santa Fé, este último proveniente da fase preliminar.



Prováveis escalações:.

Flamengo: Diego Alves; Rodinei, Réver, Juan e Renê; Jonas, Lucas Paquetá, Diego; Éverton Ribeiro (ou Vinicius Júnior), Everton e Henrique Dourado. Técnico: Paulo César Carpegiani.

River Plate: Armani; Montiel, Martínez Quarta, Maidana e Saracchi; Pérez, Ponzio, De la Cruz e Paniagua; Pratto (ou Mora) e Scocco. Técnico: Marcelo Gallardo.

Árbitro: Michael Espinoza (Peru), auxiliado pelos compatriotas Jonny Bossio e Coty Carrera.

Estádio Olímpico Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

Mais Esporte