Topo

Esporte

Técnico diz ter pedido Daniel Alves e Luís Fabiano para Real Madrid em 2008

AFP PHOTO / THOMAS SAMSON
Daniel Alves tenta desarmar Emmanuel Bourgaud, durante a partida entre PSG e Amiens Imagem: AFP PHOTO / THOMAS SAMSON

01/03/2018 16h31

Madri, 1 mar (EFE).- O alemão Bernd Schuster, que treinou o Real Madrid entre 2007 e 2008, contou em biografia a lista de pedidos para a segunda temporada pelo clube, que tinha os brasileiros Daniel Alves e Luís Fabiano, além de David Villa, Cesc Fàbregas, revelando ainda que os 'Blancos' pensaram em contratar Andrés Iniesta.

"Coloquei sobre a mesa os nomes de Daniel Alves, David Villa e Cesc Fàbregas. Quando vi que nada avançava, falei de Luís Fabiano", afirma o treinador, que teve como último trabalho o Málaga, em 2014, no livro "Amor à primeira vista", escrito em parceria com o jornalista Javier Ares.

Os reforços teriam chegado no início da temporada 2008/2009, que seria a segunda de Schuster pelo Real. Na época, Daniel Alves e Luís Fabiano estavam no Sevilla. O lateral-direito, justamente, naquela janela de transferências, acabou acertando com o Barcelona.

Villa, por sua vez, defendia o Valencia, enquanto Fàbregas ainda atuava pelo Arsenal.

Sobre Iniesta, o técnico alemão explicou que o nome foi discutido nos bastidores do Real Madrid e que não chegou a existir proposta formal para tirá-lo do arquirrival catalão.

"Ele tinha uma cláusula de rescisão com o Barcelona de 50 milhões de euros (R$ 198,5 milhões, em valores atuais), então a ideia foi descartada", garantiu Schuster no livro.

O então comandante do Real Madrid foi demitido no dia 9 de dezembro de 2008, após derrota para o Sevilla por 4 a 3, fora de casa. A situação foi agravada, no entanto, pela declaração de que era "impossível ganhar do Barcelona no Camp Nou", no compromisso seguinte da equipe da capital.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte