Topo

Esporte

Técnico diz ter pedido Daniel Alves e Luís Fabiano para Real Madrid em 2008

AFP PHOTO / THOMAS SAMSON
Daniel Alves tenta desarmar Emmanuel Bourgaud, durante a partida entre PSG e Amiens Imagem: AFP PHOTO / THOMAS SAMSON

01/03/2018 16h31

Madri, 1 mar (EFE).- O alemão Bernd Schuster, que treinou o Real Madrid entre 2007 e 2008, contou em biografia a lista de pedidos para a segunda temporada pelo clube, que tinha os brasileiros Daniel Alves e Luís Fabiano, além de David Villa, Cesc Fàbregas, revelando ainda que os 'Blancos' pensaram em contratar Andrés Iniesta.

"Coloquei sobre a mesa os nomes de Daniel Alves, David Villa e Cesc Fàbregas. Quando vi que nada avançava, falei de Luís Fabiano", afirma o treinador, que teve como último trabalho o Málaga, em 2014, no livro "Amor à primeira vista", escrito em parceria com o jornalista Javier Ares.

Os reforços teriam chegado no início da temporada 2008/2009, que seria a segunda de Schuster pelo Real. Na época, Daniel Alves e Luís Fabiano estavam no Sevilla. O lateral-direito, justamente, naquela janela de transferências, acabou acertando com o Barcelona.

Villa, por sua vez, defendia o Valencia, enquanto Fàbregas ainda atuava pelo Arsenal.

Sobre Iniesta, o técnico alemão explicou que o nome foi discutido nos bastidores do Real Madrid e que não chegou a existir proposta formal para tirá-lo do arquirrival catalão.

"Ele tinha uma cláusula de rescisão com o Barcelona de 50 milhões de euros (R$ 198,5 milhões, em valores atuais), então a ideia foi descartada", garantiu Schuster no livro.

O então comandante do Real Madrid foi demitido no dia 9 de dezembro de 2008, após derrota para o Sevilla por 4 a 3, fora de casa. A situação foi agravada, no entanto, pela declaração de que era "impossível ganhar do Barcelona no Camp Nou", no compromisso seguinte da equipe da capital.

Mais Esporte