Topo

Esporte

Capitão da Fiorentina morreu por "causas naturais", diz Promotoria de Udine

Gabriele Maltinti/Getty Images
Davide Astori foi encontrado morto na manhã deste domingo em Udine Imagem: Gabriele Maltinti/Getty Images

04/03/2018 13h13

A morte do capitão da Fiorentina, Davide Astori, que faleceu repentinamente neste domingo em seu quarto do hotel no qual estava concentrado com sua equipe em Udine, no norte da Itália, teve "causas naturais", segundo afirmou a Promotoria dessa cidade italiana.

"A ideia é que o jogador morreu por causa de uma falha cardiocirculatória por causas naturais", disse o chefe da Promotoria de Udine, Antonio de Nicolo, em declarações publicadas pela imprensa local.

No entanto, De Nicolo considerou que "é raro que aconteça algo deste tipo a um profissional tão controlado, sem que houvesse sinais prévios".

Astori, de 31 anos, foi achado morto no seu quarto por volta das 9h30 (horário local, 5h30 Brasília), quando o resto do elenco da Fiorentina já tinha se reunido no refeitório para o café da manhã antes da partida contra a Udinese.

O corpo do jogador italiano foi levado agora ao hospital de Udine, onde será realizada uma série de testes para se aprofundar nas causas de sua morte.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte