Topo

Esporte

PSG nega que Neymar tenha pedido aumento para permanecer no clube

18/03/2018 09h23

Paris, 18 mar (EFE).- O Paris Saint-Germain negou neste domingo que Neymar tenha pedido um aumento de salário como condição para permanecer no clube francês na próxima temporada, segundo informou o jornal "L'Équipe".

O clube se manifestou após uma publicação do jornal britânico "The Times", segundo a qual o jogador, pelo qual o PSG pagou 222 milhões de euros ao Barcelona, pediu 54 milhões de euros anuais de salário, mais que os 40 milhões de euros por ano do contrato atual.

A publicação afirma que Neymar impôs essa condição para continuar devido às propostas que recebeu de grandes clubes, como o Real Madrid. O pedido teria sido feito pelo jogador e seu pai ao presidente do PSG, Nasser al-Khelaïfi, durante a visita do dirigente ao Brasil nesta semana para acompanhar a recuperação do atacante.

"L'Équipe", por sua parte, afirma que o clube desmentiu essa informação. Segundo o jornal francês, Neymar, que assinou um contrato com o PSG até 2022, recebe na atualidade pouco mais de três milhões de euros brutos ao mês.

Mais Esporte