Topo

Esporte

Icardi revela que foi convidado para defender seleções de Itália e Espanha

19/03/2018 17h38

Roma, 19 mar (EFE).- O atacante argentino Mauro Icardi, atualmente na Inter de Milão, revelou, em entrevista publicada nesta segunda-feira, que foi procurado para jogar por Itália e Espanha, mas que rejeitou os convites para defender a seleção do país de origem.

"Havia a possibilidade de eu atuar pela seleção italiana. Me convocaram para defender a sub-21, mas briguei com a Sampdoria (clube na época), porque não queria ir", disse o jogador à revista italiana "Rivista Undici".

"Os espanhóis também tentaram. Telefonaram para meu pai, mas eu sempre quis a Argentina. E consegui. Foi difícil, mas eu alcancei meu objetivo", completou o jogador.

Icardi, de 25 anos, chegou em 2008 ao Barcelona, para atuar nas divisões de base. Três anos depois, o atacante se transferiu para a Sampdoria, em que estreou na primeira divisão do Campeonato Italiano.

Em 2013, o argentino acertou com a Inter de Milão, clube com que atingiu a marca de 100 gols na elite do 'Calcio', no último domingo, na vitória sobre, justamente, a Samp.

Na entrevista, Icardi ainda exaltou o brasileiro Ronaldo, que apontou como o melhor jogador da posição.

"O atacante número 1", classificou o argentino.

Mais Esporte