Topo

Esporte

Griezmann garante que não deseja se tornar um dos líderes da seleção francesa

21/03/2018 15h49

Paris, 21 mar (EFE).- O atacante Antoine Griezmann garantiu nesta quarta-feira, em entrevista coletiva, que não pretende se estabelecer como uma das referências da seleção francesa, ao ser questionado por jornalistas sobre ter status de líder.

"Líder da seleção francesa? Não me interessa ser. Muitas vezes são as mesmas perguntas. Quero ser livre em campo e curtir a experiência, como foi na Copa do Mundo de 2014 e da Eurocopa de 2016", afirmou o jogador do Atlético de Madrid.

Recentemente, a imprensa francesa questionou a ausência de figuras de referências no elenco comandado por Didier Deschamps, como foram Michel Platini, no título europeu de 1984, e Zinedine Zidane, na Copa de 1998, e na Euro de dois anos depois.

Hoje, Griezmann foi notícia na França, pois, afirmou em entrevista ao jornal "L'Équipe", que decidirá o futuro no Atlético de Madrid antes da disputa do Mundial.

Nesta sexta-feira, os 'Bleus' enfrentarão a Colômbia, em amistoso que será disputado no Stade de France. Quatro dias depois, será a vez de duelar com a Rússia, no estádio Krestovsky, em São Petersburgo.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte