Topo

Esporte

Retornos de França e Alemanha são os destaques do calendário de 2018 da F-1

22/03/2018 17h16

Redação Central, 22 mar (EFE).- Os Grandes Prêmios de França e Alemanha são as principais novidades do calendário da temporada 2018 do Mundial de Fórmula 1, cuja prova no circuito de Interlagos, em São Paulo, acontecerá em 11 de novembro, e do qual não faz mais parte o GP da Malásia.

A abertura da competição, em que o britânico Lewis Hamilton defenderá o título entre pilotos, e a Mercedes, entre construtores, será neste fim de semana no circuito de rua montado no Albert Park, em Melbourne, na Austrália, como ocorre de maneira consecutiva desde 2011.

O Grande Prêmio da França, que acontecerá em Paul Ricard, será a oitava etapa da competição. Desde 2008, o GP estava fora do calendário. A última edição, realizada em Magny-Cours, foi vencida pelo brasileiro Felipe Massa, então na Ferrari.

Da Alemanha, a Fórmula 1 ficou apenas um ano afastada, retornando neste ano com a 11ª prova da temporada, em Hockenheim.

O Grande Prêmio que se despediu foi o da Malásia, que fazia parte do calendário desde 1999. O holandês Max Verstappen, da Red Bull, foi o último vencedor da prova, que tem o alemão Sebastian Vettel como o piloto que mais vezes subiu ao pódio, em 2010, 2011, 2013 e 2015.

A etapa do Brasil continuará a ser a penúltima do Mundial. Esta será a 29ª edição consecutiva da prova que acontecerá no circuito de Interlagos, que está em processo de privatização por parte da prefeitura de São Paulo.

Para este ano, a organização da Fórmula 1 anunciou mudanças nos horários das provas, algo que tem impacto inclusive no GP do Brasil, que será iniciado uma hora e dez minutos mais tarde do que o habitual, às 15h10 (de Brasília).

De acordo com o comunicado divulgado pelo grupo que organiza a categoria, o objetivo da alteração, fazendo com que as largadas aconteçam em hora quebrada, é tentar mostrar aos fãs que assistirão às provas pela TV a movimentação de pilotos e equipes no grid, algo que muitas emissoras dispensam, iniciando as transmissões praticamente na hora da corrida.

Além do GP do Brasil, que será iniciado uma hora mais tarde do habitual, também acontecerão mudanças nas provas europeias, que em vez de terem largada às 9h, começarão às 10h10 (de Brasília).

Na elaboração dos horários do campeonato deste ano, houve ainda preocupação com a Copa do Mundo de futebol. O Grande Prêmio da França, em 24 de junho, começará às 11h10 (de Brasília), para não coincidir com o jogo entre Inglaterra e Panamá, pelo grupo G, que começará às 9h.



Confira o calendário do Mundial de Fórmula 1:.



25/03: Grande Prêmio da Austrália.

08/04: Grande Prêmio de Bahrein.

15/04: Grande Prêmio da China.

29/04: Grande Prêmio do Azerbaijão.

13/05: Grande Prêmio da Espanha.

27/05: Grande Prêmio de Mônaco.

10/06: Grande Prêmio do Canadá.

24/06: Grande Prêmio da França.

01/07: Grande Prêmio da Áustria.

08/07: Grande Prêmio da Grã-Bretanha.

22/07: Grande Prêmio da Alemanha.

29/07: Grande Prêmio da Hungria.

26/08: Grande Prêmio da Bélgica.

02/09: Grande Prêmio da Itália.

16/09: Grande Prêmio de Cingapura.

30/09: Grande Prêmio da Rússia.

07/10: Grande Prêmio do Japão.

21/10: Grande Prêmio dos Estados Unidos.

28/10: Grande Prêmio do México.

11/11: Grande Prêmio do Brasil.

25/11: Grande Prêmio de Abu Dhabi.

Mais Esporte