Topo

Esporte

Argentina desafia invencibilidade da Espanha sob comando de Lopetegui

26/03/2018 13h25

Madri, 26 mar (EFE).- Invicta nos 17 jogos que fez até agora sob o comando do técnico Julen Lopetegui, o último deles na sexta-feira contra a atual campeã mundial Alemanha, a Espanha colocará a boa sequência em xeque diante da Argentina nesta terça, em amistoso no estádio Wanda Metropolitano, em Madri.

Desde que Lopetegui assumiu o comando, a vencedora da Copa de 2010 entrou em campo 17 vezes e obteve 12 vitórias, além de ter empatado em cinco ocasiões, incluindo o 1 a 1 com a equipe dirigida por Joachim Löw há três dias.

'La Roja' deixou boa impressão em Düsseldorf diante dos alemães. Fez 1 a 0, com gol de Rodrigo Moreno, e mesmo depois de ter sofrido a igualdade, continuou jogando para cima, sem se intimidar por jogar fora de casa contra a tetracampeã.

O desafio agora é contra Lionel Messi e companhia, e Lopetegui terá dois desfalques importantes, o volante Busquets, machucado, e o meia David Silva, que deixou a concentração por motivos pessoais. Com isso, Saúl e Parejo brigam por uma vaga, enquanto a outra provavelmente será de Asensio. Por outro lado, o zagueiro Piqué, recuperado de uma febre, estará de volta.

Outra mudança em relação ao jogo da última sexta, esta por opção do técnico, acontecerá no ataque, com uma troca entre atletas que nasceram no Brasil. Apesar de ter sido um dos destaques, Rodrigo, que é filho do ex-jogador Adalberto e é carioca, dará lugar ao sergipano Diego Costa.

Na Argentina, que teve dificuldade para passar pelas Eliminatórias, a vitória sobre a Itália por 2 a 0 em Manchester, também na sexta, serviu para dar moral. Além do resultado em si, o técnico Jorge Sampaoli ficou satisfeito por ver a 'Albiceleste' jogar bem sem Messi, que vinha com dores musculares na coxa.

Desta vez, porém, o camisa 10 e capitão deverá começar jogando, como ele mesmo disse ao "Fox Sports" argentino. "Em princípio, essa é a ideia. Ainda vou fazer o último treino e ver como me sinto", declarou o craque.

Messi não terá a seu lado os outros dois integrantes do ataque considerados titulares, Di María e Agüero, machucados. Além deles, o volante Paredes e o meia Lanzini, ex-jogador do Fluminense e que marcou na vitória sobre a 'Azzurra', também se contundiram.

Será o primeiro jogo entre Espanha e Argentina desde o amistoso disputado em setembro de 2010 no Monumental de Nuñez, em Buenos Aires. Na ocasião, a equipe sul-americana não tomou conhecimento da então atual campeã mundial e goleou por 4 a 1.



Prováveis escalações:.

Espanha: De Gea; Carvajal, Piqué, Sergio Ramos e Alba; Saúl (ou Parejo), Thiago Alcantara, Iniesta, Isco e Asensio; Diego Costa. Técnico: Julen Lopetegui.

Argentina: Romero; Mercado, Otamendi, Fazio e Tagliafico; Mascherano, Biglia e Banega; Messi, Pavón e Higuaín. Técnico: Jorge Sampaoli.

Árbitro: Anthony Taylor (Inglaterra), auxiliado pelos compatriotas Gary Beswick e Adam Nunn.

Estádio: Wanda Metropolitano, em Madri.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte