Topo

Esporte

Contra a Austrália, Colômbia busca embalo pré-Copa após bater a França

26/03/2018 17h14

Londres, 26 mar (EFE).- Com o moral alto depois de ter vencido a França em pleno Stade de France na última sexta, mesmo depois de estar perdendo por 2 a 0, a Colômbia tentará dar sequência ao bom momento nesta terça-feira jogando contra a Austrália no estádio Craven Cottage, em Londres.

A equipe dirigida por José Pékerman retorna ao estádio do Fulham, às margens do rio Tamisa, quase três anos e meio depois de ter batido os Estados Unidos por 2 a 1 no local, com gols de Teo Gutiérrez e Carlos Bacca.

A adversária da vez é a Austrália, que vai à Copa depois de ter eliminado Honduras na repescagem e busca a primeira vitória sob o comando do holandês Bert van Marwijk. Vice-campeão mundial pela seleção de seu país em 2010, o treinador chegou para substituir Ange Postecoglou, que deixou os 'Socceroos' mesmo com a classificação para a Rússia.

Van Marwijk não deixou uma boa impressão na última sexta, quando os australianos visitaram a Noruega e até saíram à frente, mas foram goleados por 4 a 1. Nessa partida, o zagueiro Susnjar e os atacantes Nabbout e Petratos atuaram pela primeira vez pelos atuais campeões asiáticos.

Se alguns jogadores mais novos vêm tendo oportunidades, outros, mais velhos, também têm espaço com o treinador. É o caso do goleiro Jones, de 36 anos, que deverá entrar em lugar de Ryan, de 25.

Na Colômbia, embora não seja adepto das rotações no elenco, Pékerman provavelmente fará algumas trocas. O zagueiro Sánchez, desgastado pela temporada no Tottenham, será substituído por Espinosa, do Girona. Suas duas principais estrelas, o meia James Rodríguez e o atacante Falcao, têm lugar garantido na formação inicial.

A última vez que 'Cafeteros' e 'Socceroos' se enfrentaram foi há 17 anos, em 28 de fevereiro de 2001, em Bogotá. Os donos da casa venceram por 3 a 2.



Prováveis escalações:.

Colômbia: Ospina; Arias, Espinosa, Mina e Fabra; Sánchez, Aguilar, Uribe e James Rodríguez; Muriel (ou Izquierdo) e Falcao. Técnico: José Pékerman.

Austrália: Jones (ou Ryan); Risdon, Meredith, Degenek e Behich; Jedinak, Mooy, Leckie, Rogic e Rukavytsya; Juric. Técnico: Bert van Marwijk.

Árbitro: Bobby Madley (Inglaterra), auxiliado pelos compatrioras Harry Lennard e Eddy Smart.

Estádio: Craven Cottage, em Londres.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte